Header Ads

[Resenha] A Viajante do Tempo (Outlander #1) || Diana Gabaldon



#ResenhaEcp A Viajante do Tempo (Outlander #1) ||  Diana Gabaldon  
#OutlanderECP


Outlander: A Viajante do Tempo é o primeiro livro da série de tanto sucesso da autora Diana Gabaldon.

Durante alguns anos, devido à segunda guerra mundial, Claire fica longe de seu esposo Frank. Após o seu retorno, eles decidem viajar para passar um tempo juntos. Nesta viagem, um ritual chama a sua atenção e após passar pelo mesmo local alguns dias depois, Claire se vê deixando o ano de 1945 e se depara com uma Escócia de 1743.

 "Parecia inconcebível, mas todas as evidências indicavam que eu estava em um lugar onde os costumes e a política do final do século XVIII ainda vigoravam. Eu teria imaginado que tudo não passava de algum tipo de espetáculo à fantasia, se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamam de Jamie."



Foram os acontecimentos dessa viagem no tempo que prenderam totalmente minha atenção. Porque não foi algo fácil para Claire, ela sofreu, virou prisioneira de um clã, mas é salva por um grupo logo em seguida. E, neste momento ela conhece Jamie Fraser. Com certeza, eu passaria por tudo para conhecer o Jamie também. (rs!).

"Não tenha medo - sussurrou ele em meu ouvido. - Agora somos dois."

Óbvio que Claire quer voltar para casa e para seu marido, mas o tempo deixa seu coração mole e um jovem rapaz, mais conhecido como Jamie (rs) divide seu coração. Mulher, você não foi à única que se apaixonou, fique tranquila!!!



"— Ah, sim, Sassenach — respondeu ele, um pouco melancolicamente. — Eu sou seu senhor... e você é minha senhora. Parece que não posso possuir sua alma sem perder a minha."

Outlander é um livro carregado de emoções, com uma pegada bem forte em vários assuntos como: violência, assédio sexual, romance e história. 

Claire é uma mulher forte e guerreira. Uma das personagens femininas que mais chamou a minha atenção. 



Jamie é um jovem guerreiro escocês perfeito. Não tenho muito que falar, só sentir. Que homem é esse? Foi amor à primeira vista.

"Meus braços o envolviam, acariciando as cicatrizes enrijecidas de suas costas. - Eu mesmo posso suportar a dor - disse ele suavemente -, mas não aguentaria vê-la sofrer. Está acima das minhas forças."

Faz um bom tempo que assisti a primeira temporada da série, mas o pouco que eu lembro achei bem fiel ao livro.


Eu sei que não segui a ordem correta. Comecei com a série de TV e depois adquiri os livros. Como mencionei, achei o livro bem fiel à série. Então, lógico, eu já sabia o que aconteceria. Porém, mesmo assim, a leitura foi muito prazerosa. Tanto que fiquei com vontade de assistir a primeira temporada novamente e me apaixonar ainda mais pelos personagens.

"Beijei seu rosto, úmido e salgado. Podia sentir seu coração batendo contra as minhas costelas e não desejava mais nada além de ficar ali para sempre, sem me mover, sem fazer amor, apenas respirando o mesmo ar."

Não posso deixar de comentar sobre a química entre o casal, ela é intensa tanto na série quanto no livro. Gente, gente, gente... LEIAM!



"Porque onde todo o amor existe, não há necessidade de palavras. É tudo. É imortal. E se basta."

Agora falando sobre a edição. Eu tenho a edição antiga, mas assim que vi que a Editora Arqueiro lançaria com as capas da série eu não pensei duas vezes e solicitei. Fora que algumas das edições já lançadas aqui no Brasil, foram divididas em duas partes, o que não aconteceu com essas da capa da série. (Ameeei).



Outlander é um dos melhor romances históricos que já li. Completamente memorável! 


Garanta já o seu: https://amzn.to/2M89DcZ




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.