Header Ads

[Resenha] Divergente (Livro #1) || Veronica Roth




>> #ResenhaECP ▪ Divergente (Livro #1) || Veronica Roth @editorarocco

A resenha de hoje é de um livro que eu li faz tempo. Estou resenhando só agora porque percebi que nunca falei dele por aqui. Foi a melhor distopia que li? Poderia ter sido, se a autora não tivesse "cagado"  em uma situação no último livro, mas não falarei sobre isso agora. (rs!) Mesmo porque, vale a pena ler!

Divergente é uma distopia onde a sociedade se divide em cinco facções; Amizade, Audácia, Abnegação, Erudição e Franqueza. Contudo, ainda existe um grupo que não se encaixa em nenhum desses mencionados, que são considerados invisíveis, os sem facções. 

'Audácia: Coragem; Abnegação: Altruísmo; Franqueza: Verdade; Amizade: Bondade e a Erudição: Inteligência.'


Ao completar 16 anos, todos são obrigados a passar por um teste de aptidão, onde determinará o grupo no qual passará o resto da sua vida. 

Beatrice Prior é uma garota que cresceu na Abnegação, mas no teste, é revelado que, na verdade, ela é uma divergente. Esse resultado por ser algo perigoso para ela e sua família. 

No fim, ela acaba escolhendo a facção da Audácia, por que ela mesma diz não ser tão altruísta. 

Ao mesmo tempo, Beatriz Prior, mais conhecida na Audácia como Tris, sofre muita pressão e tenta entender os perigos de ser uma divergente. Durante o processo, ela conhece grandes amigos e muitos outros inimigos. 

"Como um animal selvagem, a verdade é poderosa demais para ser contida."

Do outro lado, conhecemos Tobias, conhecido na Audácia como Quatro. Um garoto bastante enigmático que roubou minha atenção em todos os sentidos. 

Divergente é um livro de pura adrenalina, eu não conseguia parar de ler. Amei o romance, mas ele não foi o foco da história. Tris é uma garota forte e destemida. Também fiquei completamente hipnotizada pela história e pelo Quatro. (rs)

“Aprender a controlar seu medo e libertar-se dele é o verdadeiro objetivo”

Veronica Roth é uma autora que tem uma grande facilidade de se comunicar com os jovens através de sua escrita. 


"Acredito nos atos simples de bravura, na coragem que leva uma pessoa a se levantar em defesa da outra. É uma linda maneira de se pensar".

Se eu indico o livro? Sim
Se eu indico o filme? Não. kkkkk

"Seja corajosa, Tris."

Garanta já a sua Trilogia: 




Conheça a história do Tobias (Quatro):


Ou Compre o Box Completo:



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.