Header Ads

[Resenha] Quando a Bela Domou a Fera || Eloisa James


320 páginas || Eloisa James || Ano 2017 || Editora Arqueiro || Skoob 


Linnet Berry era o tipo de garota que conquistava todos a sua volta. Filha de um visconde sem muita influência, ela era linda, inteligente e muito bem educada. Porém, após um "desastre", ela não podia mais ser considerada casável. Tudo isso, devido ao fato dos beijos que ela trocou com o príncipe, Augustus Frederick, duque de Sussex.

Essa não era a primeira vez que ambos se beijavam, e o mesmo já havia declarado seu amor por ela, mas até o momento, ele não havia proposto casamento. Eles foram pegos e desde então, ele declarou que não poderia se casar. Segundo ele, por ser um duque real, não tinha o poder de escolher o que desejava. Seu pai era uma pessoa muito rigorosa e já havia cancelado um casamento de Augustus, porque decidiu que a moça não era boa o suficiente para seu filho.

Contudo, o desastre não foi apenas pelo beijo e sim, porque Linnet usou um vestido nada favorável e o mesmo dava a entender que ela estava grávida. Imaginem o escândalo? Pois, então...

O pai de Linnet nunca foi um pai tão presente e se vê perplexo com toda essa confusão. Junto com a tia de Linnet, eles preparam um plano para casar a moça com o filho de um duque mais conhecido pelo desespero em casar o seu único filho. 

Mesmo vendo o absurdo que sua vida se transformou, Linnet concorda em sair da cidade o mais rápido possível, a fim de recomeçar. Ela não conhece o seu mais novo pretendente, a única informação que teve foi que Piers Yelverton, o conde de Marchant, é um excelente médico e que possui pouca paciência. Contudo, ela acreditava na sua beleza e seu charme para conquistar o rapaz. 

Assim que ambos se conhecem, Linnet percebe que Piers não é como imaginava, e o mesmo não tem nenhuma intenção em se casar. 

Com o tempo, Linnet percebe que pode ser muito mais do que um rosto bonito para Piers, e ele percebe que pode ser muito mais do que um homem rancoroso com um corpo cheio de marcas devido ao acidente que sofreu no passado.

Linnet é uma mulher que tem total consciência do seu efeito sobre os homens e ela usa todo o seu poder sempre que é preciso. Uma personagem forte, espirituosa, gentil e apaixonante. 

Piers tenta resistir ao charme de Linnet, mas logo se vê apaixonado. Ambos são bons juntos, eles têm uma química fantástica. Piers é inteligente, impaciente e sarcástico. 

Quando Bela domou a Fera é um livro muito bem escrito e apresenta personagens cativantes e atraentes. Gostei muito dos personagens principais e secundários.

Já estou muito ansiosa para começar a ler o próximo livro da série. 
Recomendo para todos os apaixonados por romance de época com cenas quentes.

Compre já o seu: http://amzn.to/2Dgxkv8


CAPA E SINOPSE:

Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos. Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.