Header Ads

[Resenha K-Drama] The K2


The K2 || 더 케이투 || Episódios: 16 || Emissora: tvN || Ano: 2016
Diretor: Kwak Jung Hwan || Roteirista: Jang Hyeok Rin
Onde assistir: DramaFever  (Somente premium)


Vamos falar de um dorama que devorou minhas noites de sono.


The K2 é um k-drama do meu amor Ji Chang Wook. Ah, como sou apaixonada por esse homem, Meu Deus. Eu e a metade do planeta, eu sei disso. (rs!) Convenhamos, o cara é lindo, trabalha muito bem e tem um sorriso de deixar qualquer mulher caidinha por ele. 

The K2 fala sobre intriga familiar, política e muita reviravolta. Não pense que você saberá tudo assistindo um único episódio, porque até no último, tudo pode acontecer, e de fato aconteceu.


Kim Je Ha ou K2 (Ji Chang Wook) o protagonista mais gato da história. Ele é um ex-soldado julgado injustamente e está na lista da interpol, Je Ha retorna para a Coreia e, desde então sua caçada para provar sua inocência e se vingar do verdadeiro culpado começa, mas para isso ele precisa aliados perigosos.


Uma dessas pessoas perigosas, se não a mais perigosa é a Choi Yoo Jin, que mulher fantástica. Uma excelente atriz que me deixou hipnotizada tentando desvendar quando ela realmente falava a verdade. Confesso que não obtive sucesso. A mulher é boa demais e ao mesmo tempo o demônio em pessoa.


Kim Je Ha firma uma aliança com Yoo Jin, que está em busca da queda do maior rival de seu marido durante a corrida pela presidência. 


Choi Yoo Jin contrata K2 para se tornar guarda costa de An Na e ambos se apaixonam muito rápido. Confesso que achei essa paixão rápida demais, mas se tratando de Ji Chang Wook, eu entendo muito bem a An Na. Me apaixonei por ele no primeiro dorama que assisti. Kkkkkk 


Go An Na é a personagem boazinha e sonsa do dorama. Eu sabia que ela seria o par do meu amor, mas confesso que a química entre ele e a Yoo Ji era muito maior. Torci pelos dois até o final. hahah

* Essa cena foi fofa demais!

An Na presenciou a morte da sua mãe (uma modelo famosa) quando era muito nova. Desde então, ela sofre na mão da madrasta Yoo Jin, pois a mesma isola a mocinha de tudo e de todos, inclusive do pai. An Na sempre idolatrou o seu pai, e imaginava que a ausência do mesmo era tudo culpa de sua madrasta, mas assim que ela retorna para Coreia ela fica a par de tudo a sua volta. 


Jang Se Joon é candidato a presidência, marido de Yoon Jin, pai de An Na e um dos personagens que eu menos gostei. Ele é um homem odioso que vive a sombra de sua esposa. Ele é um homem que só pensa em seus interesses e é um terrível pai. Sem mais. 

Vamos falar das cenas de ação:




As cenas de ação foram eletrizantes e espetaculares. Je Ha + adrenalina = não existe combinação melhor. Esse cara é muito bom, gente!


O romance entre An Na e Je Ha foi bem água com açúcar. O primeiro beijo entre eles foi um momento muito amorzinho.


Ahhh, quero agradecer a mente maravilhosa que criou a cena do banheiro... Babei legal! 

Em alguns momentos da trama, a política me cansou um pouco. Assim como as lembranças entre An Na e Je Ha. 

O que falar da Srta. Espelho?... Quero uma dessas na minha vida! Hahaha

O final foi eletrizante, e deixou aquele gostinho de quero mais.
Não posso deixar de comentar o quanto os seguranças da JSS são gostosos demais. (rs) Infelizmente, não achei foto ou gif para mostrar pra vocês. :(

Se você gosta do gênero ação ou só é fã do Ji Chang Wook eu mais do que indico esse dorama. 
Esse homem tirou o meu fôlego em todos os episódios.


Onde assistir: DramaFever  (Somente premium)




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.