Header Ads

[Resenha] Aluga-se um noivo (Os Di Piazzi # 1) || Clara de Assis


352 Páginas || Os Di Piazzi #1 || Clara de Assis || Ano 2017 || Editora Charme 


Confesso que nunca li nada da autora nacional Clara de Assis. Gostei bastante e já quero mais. Em, Aluga-se um noivo iremos conhecer Débora e Théo.

Débora é uma mulher linda, forte e muito bem sucedida. Seu irmão irá casar dentro de umas semanas e o mesmo convidou o ex-namorado da Débora e sua atual namorada, ex-amiga de faculdade, para serem padrinhos (muito babaca, por sinal). Com isso, Débora teve a brilhante ideia, junto com a sua melhor amiga Carol, em contratar um namorado de aluguel. 

“Não posso dar esse gostinho ao João! Carolina, eu sou a irmã do noivo!”

Procurando na internet, Débora e Carol encontram uma foto de deixar qualquer mulher de queixo caído. Com isso, Débora liga e eles marcam um encontro. Mal ela sabe que o gostosão da foto é o mesmo que ela ficou babando em uma livraria. Porém, Débora não precisa de Théo somente no dia do casamento, eles terão que passar algum tempo juntos, nos eventos da família, para que todos acreditem... Mas, por causa da boca grande de sua amiga, Carol, Théo passa de namorado para noivo em um piscar de olhos. Débora se vê desesperada, por que sabe que não dará nada certo, mas Théo aceita o desafio e aí a coisa fica ainda melhor. 

Théo: Você já fez as contas? Por alto?
Débora: Você aceitar parcelar? Faz desconto pra pagamento à vista? Ou crediário?
Théo: Você me mata de rir, Débora! Eu tenho cara de Casas Bahia?"


Com o passar do tempo, Débora se sente segura ao lado de Théo, como jamais se sentiu com ninguém. Obviamente, que eu já imaginava que ela se apaixonaria por ele, só precisava saber que os sentimentos dela seriam correspondidos.

“Suspirou, voltou a respirar novamente, seu braço relaxou, soltando o peso em meu corpo. E foi aquela respiração que me acalentou a alma e adormeci.”

Aluga-se um noivo é um clichê completamente apaixonante. Théo é um personagem misterioso. Eu devorei a leitura porque minha curiosidade para conhecê-lo era gritante. Foi nesse momento, que a autora me conquistou de fato. A reviravolta que tem na história é fantástica e eu jamais poderia imaginar. Lógico que não irei contar, e espero que vocês leiam, por que vale muito a pena.

“Amar doía tanto. Amar um homem impossível doía ainda mais. Como pude me apaixonar por um homem que se alugou como noivo?”

Um fato interessante durante a leitura, é que a personagem tem o mesmo nome que o meu, Débora, e ela cita no livro que as pessoas tinham a mania de trocar o seu nome por Bárbara. Durante toda a minha adolescência, muitos também me chamavam de Bárbara e eu nunca entendi o motivo. Gostei de saber que não sou a única Débora a passar por isso. Kkkkk

A Edição está maravilhosa. O Capricho da editora com a diagramação é visível e deu ainda mais destaque para a história.



GARANTA JÁ O SEU: http://amzn.to/2hQY64c




CAPA E SINOSE:
Nada poderia ter afetado tanto Débora Albuquerque quanto ter de enfrentar seu ex-namorado como padrinho de casamento do irmão. Como se não bastasse, acompanhado por sua nova namorada, ninguém menos que Letícia, a quem Débora um dia chamou de amiga.
A situação já parecia bastante ruim, quando Débora teve a brilhante ideia de não ir à festa sozinha. Para isso, contratou um garoto de programa, Théo, fingir ser seu namorado e juntos seriam o casal mais feliz do mundo.
Por sorte, ou não, a inseparável melhor amiga de Débora, Carol, resolveu dar uma ajudinha, e o que antes era uma loucura, tornou-se algo mais complicado que nunca: Théo foi de namorado a noivo num piscar de olhos.
Débora estava disposta a pagar quanto fosse para não aparecer sozinha na festa. Théo seria o namorado ideal: lindo, sofisticado, com sotaque italiano e extremamente sedutor.
O plano era perfeito... até Débora se apaixonar.

Ficção / Literatura Brasileira / Romance


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.