Header Ads

[Resenha] Na Minha Onda || Laura Conrado



288 páginas || Ano 2017 || Laura Conrado || Editora Globo Alt 
Resenha por Dani Almeida
Fotos por Débora Favoreto

Quem me conhece sabe que histórias divertidas são as minhas preferidas e isso foi justamente o que mais me atraiu na leitura de Na Minha Onda da autora Laura Conrado.

Esse foi meu primeiro contato com a escrita da autora e me surpreendi por gostar muito mais da trama do que supus a princípio.


Na Minha Onda conta a história da jovem Vitória Prata que ao lado da melhor amiga Carol Laine já teve uma carreira musical de grande sucesso. Contudo, quando a dupla, conhecida como "As Elétricas", se separa e as amigas seguem caminhos diferentes, Vitória não contava que tivesse que lidar com o fracasso e ainda por cima ver a carreira de Carol deslanchar muito mais.

Com a vida um caos Vitória não vê alternativa que não seja voltar para a casa dos pais no estado da Bahia. E depois de um tempo, uma oportunidade irrecusável surge em sua vida: Vitória tem a chance de voltar a fazer parte d'As Elétricas e participar de um reality show sobre sua vida.


Apesar do desejo de voltar a cantar, Vitória não consegue deixar o ego de lado e enxergar essa oportunidade como uma segunda chance para si; e mesmo que com o retorno da dupla ela fique mais próxima de Lucas, primo e assessor de Carol, por quem nutre uma paixão antiga, Vitória não suporta a ideia de viver à sombra da melhor amiga.

A inveja e o ciúme que Vitória sente pela fama e sucesso da amiga vai fazer com que a própria acabe se colocando em segundo plano, perdendo com isso sua essência e brilho.

Até que em determinado momento, Vitória se questionará: vale mesmo a pena, se perder e mudar a si mesmo só para alcançar a tão almejada fama? Vale a pena se tornar uma pessoa inescrupulosa se for para fazer parte desse universo tão cheio de intrigas?

"PAREÇO DESTINADA AO SEGUNDO LUGAR. MEU NOME JÁ ANUNCIAVA ISSO: VITÓRIA PRATA. CONVIVER COM QUEM OSTENTA O OURO DO LOURO DA VITÓRIA É DEMASIADAMENTE CRUEL PRA QUEM SÓ CONSEGUE O SEGUNDO LUGAR DO PÓDIO."

Ao longo da história acompanhamos o crescimento e amadurecimento da protagonista. O que foi muito bom e um ponto super positivo para a narrativa, já que, confesso, tive vários momentos de puro ódio por essa mocinha, tamanho era seu ego e inveja pela amiga de infância e parceira profissional.


Fiquei satisfeita vendo sua jornada de reflexões e autoconhecimento que a fez uma pessoa melhor e desse modo até terminar o livro simpatizando com essa baiana arretada (rs!).

"TALVEZ SEJA ESSA A VERDADEIRA FELICIDADE: SER TÃO FELIZ A PONTO DE NEM SE LEMBRAR DELA."

Carol Laine é uma personagem que me conquistou bastante. Amiga e companheira de todas as horas, ela não permite que o sorriso a abandone independente de qual sejam seus problemas.

Lucas, por sua vez, é um caso a parte: Impossível não se apaixonar; quero pra mim <3 hehehe ...


Enfim, Na Minha Onda é um livro leve, divertido, carregado de um sotaque baiano que faz o leitor sentir como se estivesse na Bahia. Tem uma narrativa fluida e um enredo envolvente com personagens muito bem construídos.

Gosta de dar boas risadas e ainda tirar belas reflexões de uma leitura? Então Na Minha Onda da autora Laura Conrado é pra você. Divirta-se com essa leitura!

GARANTA JÁ O SEU: http://amzn.to/2A3J05u


CAPA E SINOPSE:

Vitória é uma cantora talentosa que esteve no topo do sucesso há cinco anos. Mas agora ela está arrasada: ficou desempregada, voltou a morar com os pais e ainda tem que aceitar o triunfo de Carol Laine, sua amiga de infância e antiga companheira musical, que seguiu em carreira solo e está se tornando uma das mais comentadas artistas da Bahia. Porém, mesmo Vitória tentando se esconder a todo custo, Carol Laine a procura com um convite: ela quer que as duas voltem a trabalhar juntas e que ela participe de um reality show sobre sua vida. Isso significa, também, estar mais próxima de Lucas, o primo e assessor de Carol, por quem Vitória mantém uma paixão secreta há anos. Mesmo parecendo uma proposta irrecusável, é difícil engolir a mágoa, ficar à sombra de Carol Laine e ainda encarar os reveses da fama: a exigência de estar sempre linda e em forma, as fofocas da imprensa de celebridades, a perseguição de um fã maníaco e misterioso e a dúvida sobre as amizades serem apenas por interesse. Em meio a tantos sentimentos conflitantes, Vitória terá que responder: vale a pena voltar a esse mundo onde o ego das pessoas parece controlar tudo?

Ficção / Infantojuvenil / Literatura Brasileira



Um comentário:

  1. Oiiiii
    Amei a capa!
    Super colorida, alto astral!
    Como moro no Nordeste, fiquei curiosa pra saber como seria uma história 'tão perto' de mim
    hehehehehehehe
    Já anotei aqui!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.