Header Ads

[Resenha] Noiva em fuga || Míddian Meireles


124 páginas || Míddian Meireles || Ano 2016 || Editora Nix 
Resenha por Débora Favoreto

O primeiro contato que tive com a escrita da autora, foi com o livro: O executivo e a periguete, e por enquanto, “Noiva em fuga” é o meu preferido. Me lembrou muito aqueles chick-lits que assistimos na sessão da tarde.

Noiva em fuga é um livro cheio de encontros e desencontros, e um final feliz de encantar.

Clara e Bernardo estão juntos há muito tempo. Ela não podia negar que desde que iniciaram o relacionamento, tudo era incrível. Porém, Clara é colocada em uma situação que não estava preparada para viver. Sem que ela soubesse, Bernardo havia feito uma festa de casamento SURPRESA. Ela sabia que devia se sentir realizada por ter alguém tão especial ao seu lado, só que ela não se sentia assim. Com isso, ela acaba deixando o seu noivo no altar da igreja e fugindo para Paris.

"Eu sabia que não tinha como não ser incrível ao lado dele. Ele é incrível de tantas maneiras, que eu não posso sequer colocar em palavras. Com ele me sinto feliz e realizada."

"Estou tão puta da vida, que poderia matá-lo."

O motivo dela não aceitar se casar com o seu noivo, é que Clara teve uma paixão na infância, e que até hoje, ela não conseguiu superar.



Marcus havia sido seu colega no jardim de infância por muito tempo. Após Clara cair, Marcus beijou sua bochecha para que ela não chorasse e desde então, eles nunca se desgrudaram. Ele dizia a todos que Clara era sua namorada. Mas um dia, Marcus foi chamado à direção da escola e nunca mais voltou.

E, na sua fuga para Paris, o lugar mais mágico do universo, dentro do avião, ela conhece Vinícius e a coisa toda pega um fogo que fiquei de boca aberta. Detalhe: Ela ainda estava de vestido de noiva. (rs!)

"Um nome. Um olhar. E um sorriso torto."

Vinícius é todo bonitão, intenso e gostoso. Ele se vê atraído por Clara assim que bate os olhos nela. Conversa vai e vem e eles já se tornam amigos íntimos. Íntimos até demais. Esse homem é fogoso e direto. Meu Deus do céu! (rs!).


Durante sua passagem em Paris, eles irão viver momentos intensos, descobrindo o quanto o passado e o futuro estão tão presente nessa viagem.

O livro é bem curtinho, tem quase 200 páginas. Eu li tão rápido que nem acreditei. Ele é narrado por Clara e em alguns momentos por Vinícius.

Indico para aqueles que estão querendo sair de uma ressaca literária e ler algo leve erótico ao mesmo tempo. Porque sim meu amor, o homem tem pegada. E eu adoro essa mistura.

Míddian Meireles, já estou doida para conhecer suas próximas histórias.





CAPA E SINOPSE:
Depois de muito relutar, Clara Romano havia saído correndo da igreja depois de apenas murmurar um “desculpe, mas eu não posso” para o seu até então noivo. Ninguém esperava que ela fizesse isso. Ninguém esperava que ela simplesmente deixasse seu namorado de adolescência para trás. Mas o que ela podia fazer quando não poderia simplesmente esquecer aquele quem um dia se descobriu apaixonada e esse não era aquele quem estava disposto a colocar uma aliança em seu dedo? Só que como se essa situação não fosse maluca o suficiente, a pessoa por quem ela está e sempre esteve apaixonada, na verdade é uma pessoa de quem ela não tem notícias há mais de 20 anos e a deixou com apenas algumas coisas para se lembrar dele: Um nome. Um olhar. E um sorriso torto. Tentando esquecer quem ela não pode ter, ela então decide seguir a sua lua de mel sozinha, só que não estava em seus planos encontrar e se envolver com um completo estranho, que também parece estar querendo deixar seu passado para trás. Vinícius era mais do que seu visual bad boy aparentava, ele era além de lindo, mas também inteligente, divertido, sarcástico e sedutor a cada gesto. E durante seus dias de fuga em Paris, eles se descobrem em uma viagem inesquecível e que talvez não tenha mais volta. Mas o que o que Clara e Vinícius ainda não sabem, é que talvez o destino tenha novos planos para suas vidas.

Chick-lit / Humor, Comédia / Romance


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.