Header Ads

[Resenha] Big Rock || Lauren Blakely


224 Páginas || Lauren Blakely || Ano 2017 || Faro Editorial
Resenha por Débora Favoreto

Lauren Blakely definitivamente conquistou o meu coração com esse livro.

Em Big Rock conhecemos o Spencer, um homem que segue suas próprias regras. Tem 28 anos, é solteiro, lindo, rico e bem sucedido. Spencer veio de uma família muito rica. Seu pai quer se aposentar e está pensando em vender o seu negócio. Ele até encontrou um comprador, mas o homem é muito conservador e mantém os valores da família em primeiro lugar. 

Esta é maior dificuldade em que a família de Spencer irá enfrentar. Afinal, Spencer é rotulado como o maior playboy de Nova York e isso com certeza nunca trouxe uma boa reputação. 

"Um completo casanova. Cem por cento mulherengo. Livre para voar e sem a menor necessidade de uma gaiola."

Assim que Spencer percebe que o seu pai pode perder essa oportunidade, ele resolve inventar uma história. Ele diz a todos que está noivo de sua melhor amiga, Charlotte.

Charlotte acaba aceitando essa mentira, ela também tem seus motivos para querer encantar esse desafio nem que seja por uma semana. Eles sempre foram melhores amigos e se conhecem muito bem. Não tinha como dar errado.

"A notícia boa é que eu só preciso mentir por mais uns poucos dias.
A notícia ruim é que Charlotte e eu só teremos mais uns poucos dias de compromisso falso. "

Contudo, Charlotte também tem um pedido ao seu melhor amigo. Faz muitos anos em que ela não tem uma noite quente com um homem, então ela sugere que ambos tenham relações sexuais durante toda essa semana. Ambos concordam com este termo e estabelecem algumas regras que não devem ser violadas. Uma delas é não se apaixonar. 

"Ela está simplesmente arrasando! É a noiva de mentira feita sob medida para mim."

Sem perceberem, eles passam de um falso noivado para sentimentos reais. Spencer nunca se apaixonou, ele não está sabendo lidar com tudo que está acontecendo. Ver toda essa mudança acontecer é muito gostoso. Spencer é mais fofo do que imagina. Já Charlotte é mais forte que aparenta ser.

“Alguma coisa esta acontecendo. Alguma coisa estranha, completamente desconhecida.Meu coração está falando uma língua que eu não compreendo, enquanto tenta me arrastar para a Charlotte.”

O livro é todo narrado pelo Spencer, mais um ponto positivo para a autora. Adoro quando o POV é do mocinho. Ainda mais quando o mocinho é lindo, sexy, engraçado e fofo ao mesmo tempo.

"Meu instrumento é simplesmente sensacional."

Spencer é um dos caras mais confiantes que já conheci, isso o deixou ainda mais divertido. A química entre o casal é intenso demais. Adorei isso na escrita da autora. Ela soube encaixar os dois muito bem.

"Você tem razão, filho. A sua mentira não me deixou nada feliz. Toda a encenação desse noivado não me deixou feliz. E não me deixa feliz o fato de você achar que precisa ser o que não é para que eu tenha o que eu quero. Mas eu o criei bem mesmo, porque o que você acabou de fazer é tudo o que um pai poderia querer de um filho."

Eu estava precisando e muito ler um livro como esse. Me diverti demais, me encantei demais e recomendo muito.
Big Rock é uma leitura rápida, sexy e com muitas pitadas de humor. Uma história de melhores amigos que se tornam amantes.

Parece que logo teremos um spin-off deste livro. Na verdade, será contada a história de Nick, o melhor amigo de Spencer e eu já estou doida por isso. Porque sim, meu povo... Eu também me apaixonei pelo Nick. (rs!)



CAPA E SINOPSE:
“A maioria dos homens não entendem as mulheres.”
Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam.
E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?”
Quer dizer, a vida ERA assim.
Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo.
Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.

Chick-lit / Erótico / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.