Header Ads

[Resenha] O Jogador || Vi Keeland


304 páginas || Vi Keeland || Ano 2017 || Editora Charme 
Resenha por Débora Favoreto


Bastou olhar o nome: Vi Keeland e eu já queria! 
Assim que vi que a Editora Charme lançaria mais um livro da autora eu quase surtei, o difícil foi esperar até o lançamento. Quando o mesmo chegou, eu o passei na frente de todos e o devorei... LITERALMENTE.

Ele era jogador, ela repórter de esporte.

Devido a sua profissão, Dalilah era obrigada a entrar no vestiário depois de grandes jogos e entrevistar os melhores jogadores. No entanto, essa era sua primeira vez, e imaginem... Um vestiário, cheio de homens suados, ou molhados após o banho vestindo apenas uma toalha? OMG! Eu surtaria. (rs!)

No entanto, ela foi preparada para lidar com o astro arrogante de todos os tempos, Brody. Afinal, ela sabia que ele já teve problemas com outras mulheres no vestiário. E, acreditem... Ele deixa a toalha cair e mostra todo o seu poder junto com um sorriso malicioso. Lógico que a câmera não pegou esse momento, mas ela viu toda sua glória. 


Mas, Brody não quer infernizar a vida de Dalilah como repórter, muito pelo contrário, ele se sentiu atraído por ela e queria uma noite quente ao seu lado. Mesmo sentindo toda atração por esse homem, Dalilah não era mulher de uma noite só.

Ela queria algo mais do que apenas uma noite divertida, e isso era exatamente o que ele estava oferecendo. Ele tentou e muito, mas ela, mesmo querendo, recusou todas as investidas. Isso o fez perceber o quanto a queria de verdade. Não pense que isso deixou a leitura cansativa, muito pelo contrário, foi muito divertido ver toda essa enrolação.

Ambos tinham um passado marcado por um amor, e isso foi um dos motivos que eles tinham medo de arriscar. E, infelizmente, o passado volta e isso deixa o casal muito inseguro. O sentimento deles era forte o suficiente para encarar o passado de frente? 

Brody é um cara incrível. Tinha certeza que ele seria um cachorro que pisaria na bola toda hora, mas ele me surpreendeu tanto que me apaixonei ainda mais pelo personagem.


Em um determinado momento, teve um personagem que me irritou um pouco, e o mesmo começou a ter o seu POV, fazendo minha irritação aumentar ainda mais. Não gostei, mas não estragou a leitura. Muito pelo contrário, Brody foi incrível lidando com tudo isso.

O Jogador não é só mais um livro erótico. Ele tem conteúdo, a mulher não deita na cama logo nas primeiras páginas, ele é divertido e muito sexy. Tem um enredo bem gostoso, maduro e os personagens são viciantes.

Posso falar do Epílogo? Geeeeeente, quanta fofura! #ProntoFalei

Preciso finalizar a resenha agradecendo a Editora Charme por manterem a capa original. Meu Deus... QUE CAPA!



CAPA E SINOPSE:

Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre...
E esta é a nossa.

Erótico / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance


2 comentários:

  1. Já amei a capa kkkkkkkkk
    Vou procurar p ler, adoro esse estilo de livro!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta desse estilo de livro, compre mesmo.
      Não irá se arrepender. Já estou com vontade de reler.
      Beijos.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.