Header Ads

[Resenha] Boston Boys #1 | Giulia Paim

360 páginas || Boston Boys #1 || Giulia Paim || Ano 2017 || Globo Alt 
Resenha por Débora Favoreto

Quando recebi o kit de Boston Boys da Editora Globo Alt, confesso o que mais chamou minha atenção foram às cores. Como eu amo cores fortes e como eu amei toda a parte gráfica desse kit. Fora que veio um fone de ouvido que se tornou o meu preferido do momento. Sim, sou colecionadora de fones de ouvidos (A louca!).

Mas vamos falar do Boston Boys #1. Não sou mais adolescente, porém sempre que leio uma história do gênero, passa todo um filme dentro da minha cabeça e isso é muito legal. 

Boston Boys nada mais é do que uma banda com garotos adolescentes que levam as meninas a loucura. Eles cantam, encantam e ainda tem um programa de TV; no mesmo estilo de Jonas Brothers. Lembram? Mas se tem uma garota que odeia essa banda com todas as forças essa é a Ronnie. 

Ronnie é filha da produtora do programa de Tv da banda. Ela não gosta dos meninos de jeito algum. Muito menos do Mason, porém como a vida sempre nos prega uma peça, por motivos de gravações, Mason acaba indo morar na casa da Ronnie, e isso a deixa ainda mais irritada. 

"Minha mãe, uma pessoa que trabalhava com computadores em uma grande empresa, havia se tornado a produtora das três criaturas mais insuportáveis do planeta?!"

Com isso, a vida de Ronnie muda completamente. Ela percebe que morar com um astro trouxe revolta as suas fãs. Sério, até ameaças a garota recebeu. Achei o jeito que a autora abordou esse assunto bem interessante, devido ao fato de a maioria dos fãs (doidos) tem atitudes assustadoras. Ao mesmo tempo, outras garotas queria saber de tudo; Como era morar com Mason, o que ele mais gostava o que ela fazia pra ele, e por aí vai... tirando toda a sua paz.


Mason é um cara muito folgado. Não pense que ele mudou para a casa da Ronnie e foi um hospede fofo, não... Ele é muito folgado. E quando digo folgado, ele é folgado mesmo!

Porém, a irmã de Ronnie, Mary, é muito fã de todos da banda. O livro é muito doido, é muito divertido e ao mesmo tempo fofo. Com certeza você já foi fã de alguém ou ainda é. Lembro que na época eu era doida pelos Backstreet Boys. Imagine um deles morando na minha casa? Surto TOTAL! Isso me fez mergulhar de cara na história.

"— Aaaahhh! Boston Boys! Boston Boys! — minha irmãzinha de onze anos via TV na sala, eufórica, no volume máximo.
— Mary, abaixa esse volume! — gritei enquanto preparava um sanduíche na cozinha.

Também conhecemos Karen, guardem esse nome. Não falarei mais nada dela, mas afirmo que você, assim como eu, irá odiá-la. 

Sei que a vida de Ronnie como disse no início, mudou da água para o vinho. Ela odiou todos os minutos desde que Mason mudou para sua casa. Mas com o tempo, eles se tornaram “amigos”, fazendo um sentimento mais apaixonante começar a despertar no coraçãozinho da nossa protagonista. 

Me diverti demais lendo essa história, me lembrei de inúmeros momentos da minha adolescência. Me apaixonei por vários personagens e odiei outros também. A autora foi muito feliz em criar um livro divertido e nada clichê. Digamos que Boston Boys tem todos os ingredientes perfeitos para uma ótima trama. 

Se você gosta de uma leitura mais divertida e adolescente, eu mais do que indico os livros Boston Boys. Logo posto a resenha do segundo livro.


CAPA E SINOPSE:

O sonho de toda adolescente se realizou para Ronnie Adams: o maior astro pop da TV foi morar na casa dela. Ela deveria estar vibrando, como qualquer garota normal, mas na verdade está odiando a ideia. Ela não vê a menor graça em Boston Boys, programa sobre a vida de três integrantes de uma boyband, e acha os garotos uns babacas.
De fato, Mason McDougal se acha o máximo e está acostumado a ser recebido sempre por meninas histéricas, por isso não faz o menor esforço para ser simpático. Tendo que lidar com o egocentrismo do garoto, além da perseguição de fãs ciumentas, a vida de Ronnie vira de cabeça para baixo.
Agora ela terá que se acostumar com a stalker no 1 dos garotos plantada em seu gramado, frequentar festas glamorosas e lidar com paparazzis, resolver uma guerra de fofocas on-line e até fazer uma viagem internacional. Em meio a tantas novas aventuras, Ronnie se envolve cada vez mais com os Boston Boys e percebe aos poucos que, no mundo da fama, nem tudo é o que parece ser...

Infantojuvenil / Literatura Brasileira

2 comentários:

  1. Olá!
    Ahh adoro livros que fazer a gente relembrar a adolescência :)
    Acho que vou gostar dele, e realmente adorei a cor da capa ♥
    Parabéns pela resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você, assim como eu, também gosta de relembrar a adolescência. Com certeza, irá amar a leitura.

      Beijos ♥

      Excluir

Tecnologia do Blogger.