Header Ads

[Resenha] O executivo e a periguete || Míddian Meireles

248 páginas || Míddian Meireles || Ano 2016 || Editora Nix 
Resenha por Débora Favoreto

Em O executivo e a periguete conhecemos a história de Ava e Lorenzo.

Lorenzo é solteiro e é um advogado muito conhecido. Ele gosta de tudo do seu jeito, tanto é que sua vida é cheia de rotinas. Mas tudo muda quando ele conhece Ava.
 
Ava é uma mulher batalhadora, bonita e sabe disso. Ela vive deixando os homens apaixonados por onde passa. Ela é boca suja, mas muito responsável. Vive com sua mãe e, profissionalmente, ela cria peças de roupas femininas e as vende.
 
Em um dia comum, Ava vê uma de suas criações em uma loja e ela quer saber como a dona teve acesso as suas peças, mas a polícia é chamada e Ava é obrigada a ir à delegacia.
 
Lorenzo que estava assistindo tudo de longe acaba indo atrás de Ava na delegacia alegando ser seu advogado; ele faz isso porque acabou sentindo uma forte atração por ela e precisava conhecê-la.
 
E, bem, eles se conheceram e a química entre eles é quente como o inferno. Só que isso assustou ambos, e Ava acabou se afastando do único homem que balançou o seu mundo.
 
Lorenzo não consegue pensar em mais nada. Ava havia destruído a sua vida organizada e fez com que ele descobrisse que não conseguia mais viver sem ela. Mas as diferenças entre eles e o processo que estava correndo contra a lojista seriam mais fortes do que o sentimento que Ava e Lorenzo sentem um pelo outro?

Tudo isso em tão pouco tempo...
 
Sei que torci pelo casal, ambos são cabeças duras, mas são carentes e se completam ao mesmo tempo. Lorenzo com seu jeito mandão me deixou um pouco irritada, mas a boca suja de Ava também, então empatou.
 
Para mim o livro seria algo bem erótico, nu e cru, e errei completamente. Sim, tem inúmeras partes quentes durante a leitura, mas o ponto chave, em minha opinião, com certeza foi o humor. Os personagens são animados, e quando digo isso não me refiro apenas ao Lorenzo e a Ava, os personagens secundários também são divertidos, principalmente o Bem, irmão do Lorenzo.
 
A diagramação ficou muito fofa e bem a cara do livro. Encontrei alguns erros gramaticais, mas nada que atrapalhasse a leitura.
 
O livro é narrado em primeira pessoa pelo POV de Ava e Lorenzo. E quase chegando ao fim, também temos POV de outros personagens.
 
Esse foi o primeiro contato que tive com a escrita da autora, confesso que já quero conhecer seus outros trabalhos.



CAPA E SINOPSE:

Ava Silva, era uma mulher trabalhadora e determinada, que dividia sua vida entre a produção das suas roupas, sua mãe e seus amados bailes funks. Ela era uma pessoa orgulhosa da vida que tinha, que não havia deixado a saúde frágil da sua mãe e as adversidades da vida de uma mulher da periferia intimidá-la.
Ela já havia sonhado com seu conto de fadas, mas desde que seu namorado a traiu, havia encontrado a melhor pessoa que poderia querer: a si mesmo. Hoje ela vivia como queria, trabalho, farras, pegações e não tinha medo de se assumir uma periguete.
Lorenzo Bernardi, um dos nomes mais influentes que o país já viu e cafajeste assumido, tinha tudo que um homem poderia querer: uma carreira bem sucedida, dinheiro e todas as mulheres que quisesse ter.
Uma confusão faz com que Ava vá parar na prisão e Lorenzo é o “príncipe” que irá libertar a princesa de trás das grades. Mas ele não é um príncipe e ela definitivamente não é uma princesa que precisa ser salva. Essa história de amor poderia ser como outra qualquer, um pouco clichê até. Dois lados opostos. Duas pessoas com vidas e mundos diferentes. Mas definitivamente de clichê não tem nada.
Nessa louca história de amor, Lorenzo e Ava vão mostrar que o amor não pede licença para chegar, ele apenas chega e toma conta de tudo, não adianta lutar.
Surpreenda-se com essa historia e se prepare para dar boas gargalhadas com as loucuras e desventuras desse casal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.