Header Ads

[Resenha] Entre o Amor e a Vingança (O Clube dos Canalhas #1) || Sarah MacLean

304 páginas || O clube dos canalhas #1 || Sarah MacLean || Ano 2015 || Editora Gutenberg 
Resenha por Taty Assis


Preparados para mais uma resenha de um romance de época delicinha?

Entre o Amor e a Vingança é o primeiro livro da série O Clube dos Canalhas. Nele conhecemos o marquês de Bourne e também Penélope.

Bourne tinha vinte um anos quando perdeu tudo,  era um garoto inexperiente, e por saber que foi passado para trás no jogo, ele jura vingança e que vai recuperar tudo o que lhe pertence.

Dez anos se passaram e Bourne superou sua má fase, agora é sócio de uma das melhores e exclusivas casas de jogos de Londres. Ele conseguiu ter uma renda muito maior do que tinha quando perdeu tudo; mas mesmo assim não desistiu da vingança e de recuperar todos os bens que eram seus por direito. Bourne quer de volta tudo o que perdeu e fará de tudo para recuperar.

Penélope com seus vinte oito anos ainda não conseguiu se casar. Depois de um noivado desastroso, onde seu noivo estava apaixonado por outra, Penélope acaba perdendo a vontade de casar apenas por casar, é por isso que ela recusa os poucos pedidos em que recebeu depois do acontecido.
Mas seus dias de solteirona estão contados, seu pai resolve acrescentar algo mais ao dote dela, e com isso, ele tem a certeza que um noivo aparecerá mais cedo do que imaginam. 

Penélope tem uma das poucas coisas que Bourne mais deseja: uma parte de suas terras, e, como ele está disposto a tudo para tê-las de volta, ele acaba armando para se casar com Penélope. Claro que, ela não aceita se casar assim do nada, Bourne teve que prometer que mostraria um novo mundo a ela.

Mas Bourne não desistiu de sua vingança, ele quer mais além de sua herança, ele quer acabar com a reputação do homem que lhe tirou tudo. Já Penélope, quer desfrutar de tudo o que seu marido lhe prometeu e ela está determinada a conseguir fazer com que ele lhe mostre os prazeres das noites londrinas. 
E talvez, apenas talvez, a vingança não valha tanto a pena quanto Bourne achou que valeria. Sua felicidade pode não estar no triunfo de ter êxito na vingança, mas sim, na sua esposa. E que sentimento falará mais alto, o amor ou a vingança? 


Este é o primeiro livro que leio da Sarah McLean, e o que posso dizer é que estou completamente encantada pela escrita dela. Entre o Amor e a Vingança é um livro muito instigante, divertido, emocionante e apaixonante; sem contar no quanto as cenas são calientes, acho que este foi o livro mais hot que já li no quesito romance de época. rsrs

Com personagens marcantes, é impossível não ver envolvida em cada página. Eu me vi completamente envolvida, tanto com os principais, quanto com os secundários.

Penélope é um doce, mas muito julgada por todos. Ela acabou ficando com a má fama por causa de seu noivado interrompido, o que de certa forma é um absurdo, mas não para a sociedade da época. Nem mesmo sua família a deixava esquecer-se do acontecido, principalmente a mãe. As irmãs ainda solteiras, Phillipa e Olívia são um caso a parte, enquanto Phillipa é a estudiosa, Olívia é a egoísta, e elas tem presença “constante” no decorrer da história; e o segundo livro da série contará a história de Phillipa. 

Já Bourne, é aquele típico personagem que em alguns momentos desperta a vontade de socá-lo e causa muita antipatia, mas por fim, a gente acaba se apaixonando por ele. rs 
Seus amigos e sócios do Clube também tem papel fundamental na trama, e já estou ansiosa pelos próximos livros. 


Para os amantes de um bom romance de época, Entre o Amor e a Vingança é o livro!
Mais que recomendado!



CAPA E SINOPSE:
O que um canalha quer, um canalha consegue...
Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres.
Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles, até mesmo seu coração.

Erótico / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.