Header Ads

[Crítica] Guardiões da Galáxia Vol. 2


Guardiões da Galáxia Vol. 2
Marvel Studios/ Walt Disney Motion Pictures
Direção & Roteiro: James Gunn
Nota 4/5

Primeiramente, quero pedir desculpas antecipadamente pelos surtos e loucuras que terá nessa crítica, afinal, ainda não sou uma crítica em cinema renomeada que tem que falar bonito, por isso releve. Não terá nenhuma sutileza. Mas porque faço isso? Simples amor. Sou uma Geek louca e cheia de conhecimento do mundo nerd que você respeita. 

Me levem a sério.

Guardiões da Galáxia Vol. 2, é uma sequência cheia de surpresas que faz qualquer fã de história em quadrinhos feliz. Sai do cinema e fiquei tipo: IMPACTADA. Minha pequena companheira de cinema, me perguntou quatro vezes se estava bem. E não estou até agora. 

Demorei uma semana para assistir, desviando seriamente dos spoilers jogados a mim. Sobrevivi. 

Na sequência da divertida franquia. Os guardiões continuam os mesmo, e nada mais do que admirável sobre isso. Não é porque eles salvaram a galáxia, que serão esses heróis bobos que eu simplesmente, detesto. Menos o Capitão (Bem, é o Capitão América amores. Meu eterno amor). Eles se continuam irreverentes, marrentos e osso duro. Porém, unidos como nunca e isso foi uma das coisas que eu gostei demais no decorrer do filme. Afinal, todos eles são fora lei. Melhor tipo de herói. 



Roteiro

Nesse filme, temos a nossa temida resposta sobre a paternidade de Peter Quill – Senhor das estrelas. Ego é um ser celestial que ficou por anos procurando seu filho. O diretor nesse filme arriscou muito na necessidade de explorar mais sobre o lado família dos Guardiões, e cara ele acertou em cheio. Nada exagerado, tudo no limite como é esperado. 

Cada cena se acerta com a próxima e assim sucessivamente. 
Gunn parece fazer a lição de casa impecavelmente. Cada personagem seguindo a temática dos quadrinhos.
Explorando a união dos personagens. Também como a as ameaças que estão por vir. 
Uma adaptação no nível.


Personagens


Senhor das Estrelas: Peter ainda continua aquele cara imaturo que bem, tem uma queda por Gamora que todos nós sabemos. Mas como sempre, ele consegue melhorar com o decorrer do filme. Nessa franquia, ele consegue a sua mais importante resposta. Se não fosse sério. Eu até riria de sua inocência, na verdade eu ri. Mas depois me arrependi disso. Muitas consequências vieram. 

Gamora: Apesar de ela ser importante, teve pouca intensidade na trama. O único momento bom foi a sua “reconciliação” com sua irmã adotiva. 

Baby Groot e Rocket: Os donos da porcaria toda. Sério, se existem amigos mais loucos e perfeitos que eles, ainda perdem. Melhor dupla não existe. Rock deu uma tremenda evoluída na trama, mesmo sendo um babaca. E o Baby Groot? Como não amar? Um das cenas pós créditos é dele. Super fofa. 



Drax: Mas obstinado e extremista. Assim como Gamora, não teve tantas cenas boas. 

Yound e Nebulosa: Se juntaram aos Guardiões para sobreviverem e como um pagamento de uma divida. Eu ainda não superei o que houve no final do filme. Não posso contar, tremenda sacanagem se fizer. 

Soberanos: É uma raça bem filha da puta. Mas amo de qualquer maneira, já que a Sacerdotisa me “trouxe” um dos melhores personagens lendários do universo. 

Quem surtou legal no cinema? Ahhh meus amores. Eu dei um show de menina apaixonada quando me apresentaram ELE.

Sim, o nome dele é ELE, porém, conhecido como Adam Warlok. É a terceira fase do MCU começando amores. Segura essa marimba! Por que eu não consegui. Como disse: TÔ IMPACTADA! 

Trilha sonora cheia de anos 80. Melhor? Impossível. 
Os studios já confirmaram o VOL. 3 dos Guardiões. Gunn da direção. 
Quero conhecer esse homem e dizer: Você é minha religião e filme bom não me faltará. 

É isso meu povo. É isso que a vida tem pra dar. Só esperando como será a belezura da Guerra Infinita que vem por ai. 


Bjks 

Tatiana Pinheiro


Um comentário:

  1. Olá!
    Eu sou fã deles *-* e o Groot nem se fala hahaha
    Achei esse filme bem mais engraçado que o primeiro e a história ficou bem interessante. Além de sermos apresentados a personagens bem importantes de mundo Marvel.
    Parabéns pela crítica :)
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.