Header Ads

[Resenha] Amor Verdadeiro | Jude Deveraux

464 páginas || Jude Deveraux || Editora Essência || Ano 2016 || Romance 
Resenha e fotos por: Dani Almeida


Desde que vi Amor Verdadeiro como um dos lançamentos do mês de outubro da Editora Planeta, de cara, me encantei pela linda capa e saber que a autora Jude Deveraux é considerada a dama  do romance só despertou ainda mais meu interesse pelo livro.

Com isso, minhas expectativas estavam altíssimas, mas infelizmente, não obtive o retorno esperado com a leitura e não por não ter gostado da história, muito pelo contrário, gostei bastante; porém acredito que os muitos personagens da trama e tantas histórias acontecendo ao mesmo tempo dentro de uma só, me deixaram um pouco confusa. A narrativa em terceira pessoa também me incomodou, mais pelo fato de preferir ter o ponto de vista de cada protagonista.

Contudo, a história é super instigante; mesmo me sentindo confusa com tantos acontecimentos se desenvolvendo na trama, querer descobrir como tudo se encaixava e se interligava fez a leitura evoluir rapidamente.

A cada capítulo uma revelação e, assim, mais uma peça para o quebra cabeça que a história se revelou ser.

Alix Madsen, filha de um arquiteto e de uma escritora best-seller, é uma jovem voluntariosa que acabou de se formar na profissão do pai e recebeu a notícia da morte de Addy Kingsley,  uma senhora que só viu quando criança, mas que, apesar disso, deixou estipulado em testamento que a jovem tem direito à sua charmosa casa do século XIX na ilha de Nantucket pelo período de um ano e só depois disso que seu sobrinho-neto poderá usufruir de sua herança.

Por um acaso o tal sobrinho-neto é nada mais, nada menos do que Jared Montgomery, um dos arquitetos mais renomados dos EUA e o profissional que Alix quer ser um dia, um homem que ela admira por seus belos projetos arquitetônicos, seu ídolo que, por sinal, é um Kingsley; fato esse que Alix só descobre quando chega à Nantucket.


Na ilha, Alix se encanta pelo lugar e seus moradores, contudo logo descobre que o propósito de tia Addy é bem maior do que apenas um ano de descanso num lugar encantador. Solucionar o desaparecimento de Valentina, uma das mulheres da família Kingsley ocorrido há mais de duzentos anos é o real motivo de Alix estar morando na casa da idosa.

Jared que pretendia sair da ilha antes da chegada da jovem acaba sendo instruído a ficar de olho na moça. Com isso, os dois vão se conhecer melhor e se aproximando cada vez mais, embora inicialmente, a arrogância dele e a determinação dela não permitisse que eles admitissem a atração que sentiam um pelo outro.
Entre desvendar o misterioso desaparecimento de Valentina , organizar o casamento de sua melhor amiga e conviver com forças invisíveis se movendo pela casa, Alix vai descobrindo que sua vida e a de Jared estão entrelaçadas pelas histórias turbulências de seus antepassados.

Com fantasmas do passado se infiltrando no presente, eles precisam corrigir alguns erros para ter a chance de um futuro juntos.

Esse livro foi bem diferente de qualquer outro livro sobre vida passadas que já tenha lido e apreciei demais esse diferencial. A narrativa da autora é fluida e deliciosa. Cada detalhe da ilha narrado foi tão realista que, realmente, me transportou para Nantucket, me senti também como uma moradora do lugar.

Relacionamentos familiares e um amor que supera a barreira do tempo foram os temas explorados no enredo de forma convincente e única.

São muitos os personagens secundários e, apesar de na capa não dizer que o livro faz parte de uma série, eu fiquei muito curiosa pela história de cada um deles.

Tá, o livro não  foi tudo o que eu esperava, mas, ainda assim, recomendo demais, pois é uma leitura peculiar e envolvente, a história de sentimentos reais, de um amor verdadeiro.

"__VOCÊ ESPEROU TRINTA E SEIS ANOS POR ALIX. POR QUANTO TEMPO MAIS ESPERARIA?
JARED NÃO HESITOU:
__PARA SEMPRE.
__É ISSO MESMO-CALEB CONCORDOU-ESPERA-SE PARA SEMPRE O AMOR VERDADEIRO."




CAPA E SINOPSE: 
Ambientado numa ilha paradisíaca e um dos romances mais cultuados de Jude Deveraux, best-seller americana que já vendeu mais de 60 milhões de exemplares pelo mundo, o livro conta a história de Alix Madsen. Quando ela está terminando a faculdade de arquitetura, Addy Kingsley, amiga de seus pais, morre. No testamento, a mulher estipula que a jovem tem direito a viver por um ano em sua encantadora casa do século XIX na ilha de Nantucket (Massachusetts), EUA. O relacionamento de tia Addy com a família Madsen é um mistério para Alix, mas ela aceita a oferta e, ao chegar na propriedade dos Kingsley, percebe que não é má ideia passar uma temporada ali. Além de o lugar ser um sonho para qualquer arquiteto, ela conviverá com o charmoso Jared Montgomery Kingsley, dono de um dos mais importantes escritórios de arquitetura do país e sobrinho-neto de Addy, portanto, herdeiro natural da casa. O que Alix não imaginava era que tia Addy tinha um propósito muito específico para ela quando a colocou naquele lugar: solucionar o desaparecimento de Valentina, uma das mulheres da família Kingsley, ocorrido cerca de dois séculos antes. Em meio ao verão na ilha, Alix e Jared serão obrigados a conviver, o que pode ser a chave para desvendar o tal mistério dos Kingsley



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.