Header Ads

[Resenha] Elle - música, amor e amizade | Aretha V. Guedes


180 páginas || Jack Rock #1 || Aretha V. Guedes || Ano 2015 || Editora: Independente || Romance 
Resenha e fotos por: Dani Almeida



Elle - música, amor e amizade é o primeiro livro que tenho o prazer de ler da autora nacional Aretha V. Guedes. O livro é o primeiro da série Jack Rock e, por enquanto, o único lançado em físico.

Antes de tudo quero dizer o quanto amei essa capa: ela está de babar mesmo não concordam?
Mais do que a sinopse foi essa capa linda que me fez passar o livro na frente de alguns outros que precisava ler e qual não foi minha surpresa ao terminar a leitura passado poucas horas que eu havia começado. Tá que o livro não chega a ter duzentas páginas, mas quem me conhece sabe que leio bem devagar; sou daquelas que gosta de degustar lentamente uma história.

Porém, com Elle foi diferente. Uma vez que comecei, não consegui parar de ler. E o mérito disso é todo da autora, sua escrita fluida e descomplicada me envolveram de tal modo que, praticamente sem perceber, o livro já tinha acabado e deixado aquele tão conhecido gostinho de quero mais.

Sei que ainda tem muitas coisas para acontecerem nessa história, afinal esse é só o primeiro volume, mas já posso garantir que Elle me conquistou irremediavelmente. E se você, assim como eu, é fã de livros com rock stars, essa é uma leitura obrigatória. A Jack Rock vai abalar suas estruturas. Então, fones de ouvidos à postos porque é hora do show...

O livro começa com uma Elle de quatorze anos se despedindo, numa noite sem estrelas, do melhor amigo Chris que, aos dezesseis anos, está indo embora de casa, fugindo das rédeas de um pai ditador para seguir seus sonhos de se tornar uma estrela do Rock.


Logo de cara notamos a ligação profunda entre os dois jovens; sua amizade cresceu junto com eles e a dor da separação machuca muito a ambos.

Apesar dos quatro anos que se passam sem Elle tornar a ver o amigo, ela sabe que Chris voltará para buscá-la como prometeu no dia de sua partida. Entretanto, a jovem não contava que o destino tivesse seus próprios planos para colocá-los frente a frente outra vez. Numa noite onde as estrelas, mais uma vez, não brilhavam no céu escuro, uma tragédia sobrevém à vida de Elle, transformando seu mundo num piscar de olhos.

"MINHA CABEÇA DÓI, ESTOU LONGE, NÃO POSSO ME MEXER... O CÉU NÃO ESTÁ MAIS ESCURO, A NOITE NÃO ESTÁ MAIS FRIA E O BARULHO DO FOGO É ENSURDECEDOR. ATÉ QUE A ESCURIDÃO ME LEVA PARA O ESQUECIMENTO."

Chris, agora um famoso guitarrista da banda de sucesso Jack Rock, ao saber do ocorrido volta para cuidar da amiga. Como a jovem ainda é menor de idade, por poucos meses pelo menos, o rapaz mexe uns pauzinhos e se torna seu guardião legal impedindo assim que a mandem para um abrigo de menores.

Contudo essa é toda ajuda que Elle está disposta a aceitar do amigo, pois como o próprio fez um dia, agora é ela que quer trilhar seu caminho e buscar sua independência. Mas para isso ela precisa de um emprego.

É nesse momento que John entra na história... O sexy vocalista da banda e dentre seus integrantes o melhor amigo de Chris, tem uma proposta a fazer: Elle trabalha para ele como sua assistente pessoal de modo que tenha como se sustentar com seu próprio dinheiro e de quebra ainda fica perto do amigo como é o desejo do guitarrista. Parecia a solução perfeita para seu impasse.

Parecia se não fosse à atração intensa que surge entre Elle e seu novo chefe. Ela vai descobrir que resistir ao charme irresistível de John é praticamente impossível...

"DE PERTO -E DE LONGE- JOHN É PERFEITO. JAMAIS FUI FÃ DE HOMENS COM BARBA, MAS A DELE PARECE DEIXAR SEU OLHAR MAIS INTENSO, SEXY... POR UM MOMENTO, TUDO QUE CONSIGO FAZER É ENCARAR SUA BOCA. COMO SERIA BEIJÁ-LO? TER ESTES LÁBIOS DESENHADOS NO MEU?... SEU OLHAR DESCE PARA A MINHA BOCA. ESTARIA PENSANDO A MESMA COISA? EM ME BEIJAR?...
ELE ME QUER E EU O QUERO.”

O problema é que Chris é superprotetor no que diz respeito à Elle e já a advertiu a respeito da fama de mulherengo do amigo. John pega, mas não se apega e, mesmo Chris sendo muito seu amigo, Elle vem em primeiro lugar.

Com isso, Elle está numa corda bamba, um passo em falso e estará colocando em risco sua amizade de uma vida toda com Chris e, ainda por cima, comprometendo a amizade dele com John e, o pior de tudo, a harmonia da Jack Rock, o sonho conquistado do melhor amigo.

"ELE É MAIS QUE MEU AMIGO... CHRIS É UMA EXTENSÃO DE MIM, UM COMPANHEIRO. UM IRMÃO"

Elle é uma protagonista teimosa, mas muito determinada. Ela sabe o que quer e não leva desaforo para casa. Apesar da tragédia pela qual passou ela não se deixa abater. Ela tem seus momentos de vulnerabilidade sim, o que é super compreensível, mas na maior parte do tempo, ela tem uma força de vontade sem igual e se mostra bem mais madura do que devia ser para sua idade. Virei fã dessa garota.


Sua amizade com Chris é algo invejável, coisa linda de se ver. Ela o ama e faria tudo por ele e o mesmo serve para ele. Apesar de, no caso de Chris, esse amor fraterno ter adquirido outra perspectiva.

John, é o típico badboy amado por todas nós; sua aura misteriosa é convidativa e durante a leitura notamos que ele esconde muitos segredos que ainda vamos descobrir nos próximos volumes da série.

Tanto Chris quanto John são personagens incríveis e marcantes que conquistam nosso coração instantemente. Sim, temos um triângulo amoroso. Mas vou me abster de dizer para qual torço mais. Pois, na verdade, fiquei bem em cima do muro aqui. (hahah)

Falando em personagens, não só os protagonistas atraem nossa curiosidade e atenção, os secundários também. Esses foram muito bem-desenvolvidos e fica difícil não querer um livro para cada um deles. Em especial Sam, a irmã caçula de Chris, que as poucas vezes que apareceu deu um brilho todo especial à trama e Kim, a única integrante feminina da banda, que pelo que deu para perceber, esconde muitos segredos também.

Mas até Nicole, filha do empresário da banda e responsável pelas mídias sociais da Jack Rock, mesmo sendo uma #vaca e com sua mania irritante de falar usando hastag, tem uma participação relevante na história. Para uma #vadia, ela reapresentou seu papel muito bem (rs!).

Enfim, só posso dizer que a autora ganhou mais uma fã aqui. Com certeza esse é o primeiro de muitos outros livros que espero ter a oportunidade de ler dela.
Fica minha dica para os amantes de livros com rock stars: 
John
Alysson
Chris
Kim ROCK,
vai conquistar você.


Livro físico disponível no site www.arethavguedes.com.br ou diretamente com a autora. 
Redes sociais: @ArethaVGuedes


CAPA E SINOPSE:
Aos 14 anos, Elle tinha uma vida perfeita, com pais amorosos, lar feliz e seu vizinho e melhor amigo, Chris, por perto. Porém, em uma noite fria, seu amigo vai embora em busca de seu grande sonho: se tornar uma estrela do rock.Quatro anos depois, quando uma tragédia os reúne, Chris, agora guitarrista da famosa banda Jack Rock, vai ao resgate de sua amiga de infância, que está crescida e não quer mais ser protegida. Conseguirá a amizade de infância resistir à vida adulta, ou a busca de Elle pela independência a levará para outros caminhos?











5 comentários:

  1. Aliás, que blog lindo! Amei o template!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho Clara <3 ...
      Beijos !!!

      Excluir
  2. Oi! Eu adoraria ler o livro, gosto muito quando o tema é sobre música e bandas, mas eu tenho tanto problema com triângulos amorosos que seria difícil começar a leitura por agora, mas está super anotado!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Miriã. Este triângulo amoroso não é do tipo clássico, explora mais a tríade entre amizade, atração e amor. Existe tantas formas de amar, é um sentimento ilimitado que vai além da paixão. ;)

      Excluir

Tecnologia do Blogger.