Header Ads

[Resenha] Provocante | Paola Scott @editoracharme

310 páginas || Provocante #1 || Paola Scott || Ano 2016 || Editora Charme || Skoob
Resenha e fotos por: Dani Almeida


Quando a Déb me perguntou se eu queria ler o livro Provocante eu aceitei sem titubear e isso por três motivos:
(1) era um nacional, 
(2) a capa era maravilhosa e 
(3) era um livro hot.

A literatura erótica está em alta ultimamente e nós, mulheres leitoras, nos esbaldamos nesses romances apimentados e calientes. Acredito que, por tantas autoras investindo nesse gênero, as histórias começam a ficar meio parecidas, previsíveis. Não que eu não goste disso; muito pelo contrário, adoro um clichê.

E foi justamente isso que achei que fosse encontrar em Provocante da autora Paola Scott: apenas mais um romance erótico.
Ledo engano...

A história tem uma trama muito mais elaborada do que pensei a princípio e a escrita fluída e ágil da autora me permitiu ler o livro vápt vúpt e isso porque a partir do momento que comecei a leitura, não queria mais parar, tal era o nível de envolvimento com a história.

Diferente do habitual, eu não li a sinopse; simplesmente peguei o livro e fui ler. E o diferencial da história já começa pela idade dos protagonistas que não são "mocinhos" propriamente dito. Porém o fôlego e a energia deles, se é que vocês me entendem (rs!), são de dar inveja; essa dupla fez as páginas do livro pegar fogo, quase que literalmente e, OMG, isso tudo só na primeira parte da história.


Eu estava meio que achando péssimo não ter a continuação em mãos, mas não é que ao concluir a leitura, eu até considerei isso um benefício?! É minha gente, se esse casal não precisa de tempo para recuperar as forças, EU preciso hahaha...

Paola Goulart é uma mulher de quarenta anos, separada, mãe de uma filha de dezesseis anos, bem resolvida sexualmente e profissionalmente, além de ser uma contadora muito eficiente. 
Loira, linda, cheia de curvas, ela chama atenção por onde passa, mas nem por isso se permite viver casinhos de uma noite; para ela, só o melhor que a vida tem a oferecer.

Cansada de homens encostados e de relacionamento infrutíferos, ela acredita não estar mais na idade de se prender à pré-julgamentos; ela precisa de um homem que possa acompanhar seu ritmo e realizar suas fantasias; um homem que seja igual aos protagonistas dos romances que tanto gosta de ler. Um homem como seu mais novo cliente.

"UM ROSTO COM TRAÇOS ANGULOSOS, QUEIXO MARCANTE, PROFUNDOS OLHOS VERDES. AQUELES CABELOS ESCUROS PEDIAM PARA SER ACARICIADOS. AH, SIM, E ELE ESTAVA DE TERNO... E EU AMAVA HOMENS DE TERNO! SÉRIO, ERA MEU FETICHE... EU ESTAVA FERRADA."

Pedro Lacerda é um homem de quarenta e dois anos, lindo, viril, decidido, bem sucedido, um advogado de sucesso.
Ele teve alguns problemas com seu imposto de renda e precisa urgentemente de uma contadora.

Seguindo a indicação de um amigo, Pedro chega à Paola que pensava tratar-se de uma senhora gorda e sem graça, contudo é surpreendido ao se deparar com uma mulher elegante e muito sensual.

A atração é mútua e imediata. Porém ela não é o tipo de mulher a qual ele está acostumado, ou seja, novinhas fáceis que fazem sexo por diversão. Não! Paola não era uma mulher qualquer; ela tinha uma postura profissional, possuía classe.

Mas ele queria essa mulher para ele, a queria em sua cama. Precisava descobrir uma maneira de seduzi-la e desvendar a mulher por trás daquela fachada, nem que para isso ele se valesse de meios escusos para facilitar sua conquista.

"APESAR DE SUA POSTURA BASTANTE SÓBRIA, COMPENETRADA, NÃO DEIXANDO DEMONSTRAR NADA DA SUA VIDA PRIVADA, EU PODIA VER QUE ERA UMA MULHER MUITO SENSUAL. BASTAVA SABER COMO DESPERTÁ-LA".

Na verdade, nosso protagonista não precisava ter utilizado meios ilegais para conquistar Paola, visto que ela, apesar de não ser atirada, demonstrou seu interesse por ele. Entretanto a situação incomum em que se encontrava, o fez se sentir um pouco incerto do que esperar. Vamos combinar que uma mulher segura de si assusta mesmo a homarada, né? Mas nada justifica a atitude impulsiva que Pedro tomou, pois um relacionamento que começa de forma irregular não tem como ir pra frente.

E Pedro sabia disso, mas quanto mais se envolvia com Paola, quanto mais descobria a loba insaciável que ela era, mais ele ficava com medo de contar a verdade e correr o risco de perdê-la para sempre.

"PAOLA ERA REALMENTE UMA MULHER EXCEPCIONAL, SURPRENDENTE EM TODOS OS SENTIDOS... NOSSO CONTATO TINHA SIDO TÃO BREVE, TÃO RÁPIDO E AO MESMO TEMPO TÃO DEVASTADOR. CHEGAVA A SER ASSUSTADOR O QUE EU ESTAVA SENTINDO POR AQUELA MULHER."

Apesar de muito segura de si, no começo, Paola também se sentiu um pouco insegura quanto a ser boa o suficiente para Pedro, acreditava que podia ser muita areia para seu caminhãozinho, contudo seus receios logo se mostraram infundados: ela não era só boa para ele, era perfeita e vice versa.

Pedro parecia ser a personificação de suas melhores fantasias, tudo que ela sempre quis na vida. Seu garanhão era quente, sensual, possessivo, mas, ao mesmo tempo, sabia ser romântico e carinhoso.
Não podemos culpá-la por ter caído de amores por ele (oras, eu também fiquei querendo um homem desses pra mim) e, sortuda como só ela, ter conquistado o amor desse homem maravilhoso, né?
A loba provocante e o garanhão sedutor entregues a uma paixão avassaladora, uma relação intensa e apaixonante.

"ELE SABIA O QUE FALAR NA HORA CERTA E DE FORMA ENLOUQUECEDORA. ERA COMO SE ELE ADENTRASSE MINHA MENTE E SE INSTALASSE.
SE HAVIA ALGUMA DÚVIDA DE QUE EU ESTAVA PERDIDAMENTE APAIXONADA, FOI TOTALMENTE DISSIPADA... ELE ERA TUDO O QUE UMA MULHER PODIA DESEJAR, TUDO O QUE EU QUERIA E PRECISAVA PARA SER FELIZ."

Mas nem tudo são flores e, como mentira tem perna curta, o segredo de Pedro acaba vindo à tona, colocando em risco os sentimentos recém nascido entre eles.

Paola será capaz de perdoar uma violação à sua privacidade? Estará disposta a dar uma segunda chance para Pedro provar ser o homem que se mostrou ser até agora?
E Pedro conseguirá recuperar a confiança da amada? A mulher que descobriu ser a única capaz de fazê-lo feliz? A mulher que ele, quer fazer feliz para o resto de suas vidas?

Tudo isso só saberemos nas cenas dos próximos capítulos e isso porque essa é só a primeira parte dessa história. Então, haja coração!

"- NÃO, PEDRO. EU AMO UMA FARSA, UMA FANTASIA. AMO UM HOMEM QUE NÃO SEI SE EXISTE, UM QUE MAIS PARECE UM PERSONAGEM DOS MEUS LIVROS. VOCÊ MENTIU PARA MIM. COMO QUER QUE EU ACREDITE QUE ESSE HOMEM É VOCÊ MESMO?"

Provocante é um livro direto, sem mimimi e dramas excessivos; talvez isso se deva pelos protagonistas serem bem mais maduros do que usualmente acontece nos romances e eu amei isso na trama.
Pedro é o homem que toda mulher pediu á Deus; Jesus me abana, que esse fez as páginas do livro pegarem fogo hehe ...Apesar de seu deslize, foi impossível não me apaixonar por ele e perdoá-lo. Quem nunca errou que atire a primeira pedra não é mesmo?

Entretanto, eu também entendi o lado da Paola, não deve ser nada fácil para ela perdoar um delito muito parecido com um que já sofreu no passado. É muito complicado mesmo se sentir traído por alguém que você ama. Mas enfim, se Pedro e Paola terão um happy End para sua história (e eu torço muito para que isso aconteça), só descobriremos no segundo livro da série Provocante.


Quero deixar aqui meu apelo para Editora Charme que está publicando a série: POR FAVOR! Não demorem em publicar a segunda parte dessa história, porque eu sou muito jovem para sofrer do Coração.

Dito isso, quero encerrar essa resenha dizendo o quanto me apaixonei por esse livro, o quanto fui surpreendida por seu enredo e personagens. Tanto os protagonistas, quanto os personagens secundários são bem construídos e maravilhosos, mas isso é assunto para outra resenha...

Para os amantes de uma história envolvente, bem desenvolvida, bem escrita e de tirar o fôlego, deixo aqui a minha dica e recomendação. Garanto que não vão se arrepender!

PS: Como toda boa história que se preze, Provocante também conta com uma playlist intensa e arrasadora, bem a cara dos seus protagonistas. Eu amei e já adicionei no play music do celular (rs!).



CAPA E SINOPSE:

Paola, quarenta anos, muito bem resolvida, separada e com uma filha adolescente. Acostumada a viver dentro das regras, mas cansada dos pré-julgamentos, decide dar um basta em relacionamentos insossos e em homens de mentirinha, que não conseguem acompanhar o seu ritmo e compartilhar suas fantasias. 
Pedro, solteiro, experiente, viril, bem-sucedido e que não admite que ninguém intervenha em seus hábitos, gosta de viver suas aventuras sexuais com mulheres mais jovens, sem se deixar envolver. 
Numa época em que os homens se sentem ameaçados pelo sucesso feminino nos mais diversos ramos, que romances eróticos expõem os desejos mais íntimos das mulheres e fazem com que estas sonhem com os sedutores personagens desses livros. E que, apesar da modernidade, ainda sejam censuradas e condenadas por uma sociedade hipócrita. O que acontece quando estas duas pessoas vividas e experientes se encontram? 
Pedro, na ânsia de conquistar uma mulher diferente de todas as que está acostumado, resolve utilizar meios escusos para se aproximar. Mas, sem dar-se conta, se vê apaixonado por esta fêmea sensual e provocante. 
Pode uma mulher, à procura do amor verdadeiro, perdoar uma violação à sua privacidade? E afinal, seria mesmo amor? Ou o tempo todo foi apenas uma fantasia?


5 comentários:

  1. Linda a resenha!
    Essa série é maravilhosa!
    Sou suspeita pra dizer amo o casal luxo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Camila !
      Apesar de só ter lido um livro da série ,e somente a primeira parte rs , já virei fã também hehe ..
      Beijos <3

      Excluir
  2. Linda a resenha!
    Essa série é maravilhosa!
    Sou suspeita pra dizer amo o casal luxo!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.