Header Ads

[Resenha] Muito Além do Tempo | Alexandra Monir @editorajangada

272 páginas || Timeless #1 || Alexandra Monir || Ano 2015 || Editora Jangada || Skoob
Resenha e fotos por: Dani Almeida

Narrado em terceira pessoa, com um enredo bem elaborado e detalhista, Muito Além do Tempo da autora Alexandra Monir me cativou totalmente.

Com romantismo e mistério na medida certa, a trama é deliciosamente envolvente e, apesar dos pouquíssimos livros que li sobre viagens no tempo, posso afirmar que esse já é um dos meus preferidos visto à forma mágica que a autora abordou o tema.

A obra conta a história de Michele Windsor, uma jovem de 16 anos que morava com a mãe e levava uma vida regada a muito carinho e afeto; as duas compartilhavam uma relação linda de muito companheirismo e cumplicidade.

"ELA ERA MAIS DO QUE UMA MÃE-ERA A MELHOR AMIGA DE MICHELE ."

Porém, certo dia, uma tragédia acomete suas vidas e Michele vê o mundo ruir a sua volta e, de uma hora para outra, é forçada a mudar-se de cidade, passando a morar na mansão histórica de seus avós maternos; os quais não conheciam.


Sentindo-se sozinha e desolada em sua nova casa, a jovem prefere ficar no quarto que foi designada, quarto esse que já pertenceu a todas as mulheres da família Windsor.
E é em tal cômodo que Michele encontra o diário de uma antepassada e, de forma mágica e misteriosa, ela viaja no tempo até 1910.

Mesmo sem saber como são possíveis, as viagens no tempo são recorrentes e, numa delas, Michele vai parar num baile da alta sociedade onde se depara com o rapaz de lindos olhos cor de safira que, desde pequena, povoa seus sonhos, Philip Walker.

"MICHELE SENTIU O SANGUE SUMIR DO ROSTO, O CORAÇÃO BATENDO A UM RITMO INACREDITÁVEL. A MÚSICA E OS SONS DA FESTA SE TORNARAM INAUDÍVEIS, E TUDO EM SEU CAMPO DE VISÃO SAIU DE FOCO - TUDO, MENOS ELE."

Entre se habituar a uma nova escola, novos amigos, a uma vida luxuosa muito diferente da qual está acostumada e suas viagens até o século passado, onde começa a desvendar os segredos de sua família, Michele passa a viver duas vidas, dois tempos, mas um amor que perdura independentemente de qual século esteja.

Philip e Michele se descobrem completamente envolvidos e conectados desde o princípio e, a cada dia, mais apaixonados, porém com muitas dúvidas sobre seu futuro juntos. Como viver o presente se seu coração está no passado?


Como seguir em frente quando sequer justamente, que o tempo pare?
Um amor. Duas vidas. E uma promessa que precisa ser cumprida.

"ACONTEÇA O QUE ACONTECER, VOU ENCONTRAR UM JEITO DE VOLTAR PARA VOCÊ . PROMETO ."

Como é bom não estar esperando muita coisa de uma obra e, no fim das contas, acabar se surpreendendo com a beleza de uma história bem estruturada e de seus personagens inesquecíveis.
Foi exatamente o que me aconteceu com a leitura de Muito Além do Tempo: comecei achando tratar-se de mais uma previsível história de amor impossível, porém encontrei uma trama original e fascinante.

Impossível não se apaixonar pela história de amor entre Philip e Michele ou roer as unhas de ansiedade enquanto torcemos para que a autora tenha criado um final feliz para a história deles, que ela tenha tornado possível o que é impossível.

Mas nem tudo que queremos temos e, a julgar pela palavra continua na última página do livro, podemos nos preparar para muitas surpresas e reviravoltas que, com certeza virão, no próximo volume dessa duologia.

Eu amei esse livro é não vejo a hora de ter a sequência em mãos.
Se eu recomendo? Mas é claro que sim!



CAPA E SINOPSE:

Uma tragédia atinge a família de Michele Windsor, e ela é forçada a morar com os avós que nunca conheceu. Em sua mansão histórica em Nova York, repleta de segredos de família, Michele encontra um diário que tem o incrível poder de fazê-la retroceder no tempo, até o ano em que foi escrito, 1910. Lá Michele encontra o rapaz que ela viu em sonhos durante toda sua vida. Em pouco tempo, ela se vê apaixonada por ele. Quando se dá conta, Michele está vivendo uma vida dupla, lutando para conciliar seu mundo de estudante com suas viagens ao passado. Mas, quando se depara com uma descoberta terrível, ela é lançada numa corrida contra o tempo para salvar o homem que ama, e empreender uma busca que determinará o destino dos dois.


8 comentários:

  1. Que resenha mais linda.
    Adorei as fotos também, mas o que eu mais gostei, foi entender um pouco mais dessa história e achei ela bem parecida com Outlander, no qual sou muito fã. Já coloquei esse livro na minha lista de desejados. Estou ansiosa para ler a resenha do segundo livro. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mônica !
      Eu ainda não tive oportunidade de ler Outlander mas , se for parecida com essa história como você diz , eu já quero ler rs ...
      Beijos <3

      Excluir
  2. Não conhecia o livro e nem a autora, mas adorei a premissa do livro.
    Bela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kat ,
      Esse também foi meu primeiro contato com a escrita da autora mas ameeei e não vejo a hora de ler outras obras dela ... tenho certeza de que você vai amar também ,sr der uma oportunidade à história.
      Beijos <3

      Excluir
  3. Realmente lembra um pouco Outlander. Já estou amando só por isso.
    Essa capa passa uma sensação tão boa. Estou encantada pelo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz,
      Foi exatamente assim que me senti com a leitura desse livro: encantada !!!
      E tenho certeza de que , quando você tiver oportunidade e ler , vai se apaixonar totalmente.
      Beijos <3

      Excluir
  4. Realmente, amiga...
    Pela resenha, lembra muito Outlander!
    Eu AMOOOO a série e tenho só os dois primeiros livros.

    Amei a resenha. ^^

    ResponderExcluir
  5. Agora eu que fiquei muito curiosa para conhecer e ler Outlander Déb ,rsrs ...
    Que bom que gostou da resenha , sua opinião tem muita relevância para mim .
    Beijos <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.