Header Ads

[Resenha] Eu pertenço a você | Jas Silva - Vol. #2

 475 páginas ||Ano 2015 || Autora Jas Silva || Livro #2 || Lançado Independente || Skoob ||
Resenhado por: Débora Favoreto


Jéssica tem 22 anos e é a assistente mais desorganizada que Matheus poderia escolher para o seu estúdio. Porém, já faz tempo que ambos trabalham juntos, mas foi em uma noite qualquer, em um bar, que Matheus viu uma mulher sensual dançando como não houvesse o amanhã e fez com o que o seu corpo reagisse de tal forma que quando ele identificou que a dona daquele corpo era Jéssica, a garota baixinha que mais parecia uma pirralha, ele ficou louco e o instinto de posse tomou conto dele.

O envolvimento entre o casal é uma coisa calorosa. Durante toda a leitura temos um misto de sentimentos. Jess e Math conseguiram fazer com que eu sentisse duas coisas por eles; amor e ódio. Os dois são explosivos, com isso há muita falta de comunicação, mas quando fazem as pazes, ou quando estão curtindo o momento juntos, é encantador. Como um conto de fadas. 
“Era estranho sentir como se ela fosse minha posse, mas toda vez que a olhava eu tinha certeza de que Jess me pertencia e que nada mudaria isso. Tudo nela me fascinava e eu amava cada detalhe da sua personalidade, suas gracinhas, birras, implicâncias e provocações.”
Jess passou por um drama com o seu ex, e o mesmo voltou e fez a vida dela com o Math virar um inferno.  Ela tinha uma dívida grande com a família do seu ex, com isso, ela acha que é obrigada a aguentar certas coisas que seu ele a sujeita, e, para evitar o jeito explosivo de Matheus, ela omite alguns acontecimentos por pensar que não iria “prejudicar” seu relacionamento, mas Matheus não pensa assim, esse é um dos maiores motivos pelas brigas do casal.
“Ninguém sabia que grande parte dos meus problemas emocionais existiam por causa dele; e, hoje, mesmo depois de tanto tempo, eu ainda tinha minhas recaídas.”

De inicio, Matheus e Jess queriam algo sem compromisso, ambos sabiam o quanto a química entre eles era incrível, mas só isso. Com o tempo Matheus viu que só isso não era o suficiente e queria Jess para sempre ao seu lado, mas tinha medo dela não aceitar passar todos os dias de sua vida com ele, já que ela era tão nova e tão independente. Além do mais, esse sentimento que ele começou a sentir por ela, também era algo muito novo, já que ele nunca teve um relacionamento sério. 


Preciso afirmar que ambos eram perfeitos juntos tanto profissionalmente quanto sexualmente.
Eu fiquei completamente apaixonada pelo Matheus, ele é um príncipe, sabe tratar bem uma mulher; é protetor, lindo, carinhoso e muito romântico. Por essas qualidades, em muitos momentos eu quis dar uma sacudida na Jess, ela precisava prestar atenção no cara que ela tinha ao seu lado. 

“Jéssica era a minha perdição, a única mulher que tinha o controle do meu corpo e a capacidade de me quebrar.”

Além do romance e do drama, temos amizades verdadeiras, momentos hilários, muito sexo, muito mesmo. Mas com certeza o maior problema entre o casal foi à falta de comunicação, porém, será que no final disso tudo eles finalmente encontraram a mesma sintonia? 

Eu pertenço a você é o típico livro que você não consegue largar, e em muitos momentos também não consegue respirar até esses dois se entenderem. Há muita intensidade, um amor lindo e verdadeiro. E um dos motivos que o livro me conquistou desde o inicio foi quando descobri a profissão de ambos. Fotografia é algo que sou apaixonada, quem me conhece sabe o quanto. Ver através das lentes, deixa a pessoa muito mais sensível a qualquer outra coisa ou qualquer outro sentimento.
"Você é o meu primeiro pensamento ao acordar e o ultimo ao dormir, não sei se algum dia vai conseguir entender o quão forte é o meu amor por você, Jessica, então não se chateie quando eu tentar te proteger do mundo, porque essa é a única forma que eu sei amar..."

A narrativa é intercalada por Jess e Math e após certo ponto, o livro também começa a ser narrado por seus amigos. Achei isso ótimo, assim temos todos os pov´s possíveis sobre esse relacionamento perturbante e apaixonante.



CAPA E SINOPSE:

Uma noite é o suficiente para fazer Matheus e Jéssica se envolverem em um acordo fadado ao fracasso. Math, um fotografo de 27 anos foge do estereotipo de CEO poderoso. Porém não pode negar que seja um mulherengo. Dono de um estúdio ele está acostumado a sair com as mais belas modelos e não vê o menor problema nisso. Só que depois de uma única noite com Jéssica, seu controle e regras são jogados para o alto e uma paixão avassaladora surge. Matheus se vê envolvido pela baixinha mandona que por sinal é sua assistente recém contratada. Jéssica é uma garota independente, segura de si e muito talentosa. Depois de uma grande decepção ela decide que está na hora de seguir em frente, Jés só não esperava terminar a noite da cama do próprio chefe. Mesmo sabendo que o que existe entre eles é apenas sexo, Matheus e Jéssica vão descobrir ao poucos que não conseguem ficar separados e que o intenso desejo que sentem pode mudar tudo que eles tinham como certo em suas vidas. Só que quando o passado volta para assombrar e esfregar na cara todos os erros cometidos e as decepções, eles terão que lidar com as mentiras, as dúvidas, a confiança quebrada e a descoberta do verdadeiro amor. Será que em meio a tanta teimosia, mal entendidos e conflitos eles irão descobrir pelo que realmente vale a pena lutar?

2 comentários:

  1. Li a resenha do primeiro livro da autora e amei.
    Esse não foi diferente, não entendo o motivo dele não ter sido lançado por editoras, parece ser fantástico. Fiquei doida para ler.

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bem intenso. Adorei a capa e a proposta da autora.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.