Header Ads

[Resenha] Aprendendo a seduzir | Patrícia Cabot @PlanetaLivrosBR

368 Páginas || Patrícia Cabot || Ano 2016 || Editora Essência || Chick-lit / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance || Skoob 
Resenha por: Débora Favoreto

Aprendendo a seduzir é um livro leve e bem humorado. Só com essas informações, já dá para imaginar o quanto eu gostei da história. O livro é um romance de época muito bem estruturado, você irá se apaixonar pelos personagens de imediato. 

Não sei se todos sabem, mas Patrícia Cabot (nome da autora) é o pseudônimo da Meg Cabot. A mesma usa esse segundo nome para lançar seus livros mais sensuais.
“Como vou cancelar o casamento, já que todos os convites já foram enviados? Que vergonha seria para mim...”

Imagine se você está prestes a se casar e encontra o seu noivo com outra mulher? O que você faria? Com certeza, não seria a mesma coisa que Caroline fez. Mas, por motivos de gratidão com a família do noivo, ela quer aprender a seduzi-lo, pois a mesma acha que o problema pode ser com ela. Com isso, ela propôs um acordo com o famoso Braden Granville, onde ele tem que ensina-la a fazer amor e se tornar uma mulher irresistível para o seu noivo. Acredite, ele realmente a ensina.

''...Caroline Linford finalmente se inclinou para a frente da cadeira, baixando a voz de modo conspiratório disse:
- Bem, na verdade, senhor Grandeville, o que preciso é...preciso que o senhor me ensine a fazer amor.''

Braden é um homem inteligente, um burguês que procura reconhecimento na sociedade. Ele cria e comercializa armas. É lindo e galanteador. Já Caroline é uma mulher fiel, divertida, pura e quer de todas as formas salvar o seu noivado com o marquês de Winchilsea. 

Como já deve imaginar, esse acordo acaba se tornando algo a mais entre Braden e Caroline. Mas, Braden jamais se imaginou digno de uma mulher como Caroline, mas juntos eles são perfeitos.

“Ele a silenciou beijando-a, levantando seu rosto para junto do dele, com a mão que continuava em sua nuca e praticamente devorando sua boca. Caroline, querendo e ao mesmo tempo não querendo se afastar dele, ansiava por seus lábios com tanto entusiasmo como Braden pelos seus.”

A história não gira apenas em romance e traição. Também temos muito mistério e ação. Deixando tudo muito mais empolgante. Os personagens secundários são importantes para o enredo, além de cativantes.  Porém, nem todos são o que aparentam ser.
“Ele estremecia ao mais leve toque dela. Sentia-se entorpecido só de ouvir o som de sua voz. Apaixonara-se pela primeira vez na vida, e perdidamente."
Posso afirmar que Aprendendo a seduzir se tornou um dos meus romances de época favorito. A autora juntou todos os ingredientes, tornando uma história encantadora. Recomendo para todos apaixonados por esse gênero. 


CAPA E SINOPSE:

O que qualquer mulher faria se flagrasse o noivo aos beijos com outra mulher? Cancelaria o casamento e nunca mais colocaria os olhos no desalmado traidor. Certo?
Não lady Caroline Linford.
Apaixonada pelo belo e galante marquês de Winchilsea, ela não se dá por vencida e resolve ir em frente com o casamento. Afinal, lady Linford ama seu prometido.
Com o intuito de se tornar o único objeto do desejo de seu noivo, ela convoca o renomado Braden Granville, mestre na arte da sedução, para, com ele, aprender a ser a melhor amante que Winchilsea pode vir a ter. Porém, a aluna se torna tão aplicada que arrancará mais que elogios de seu professor...

* Livro cedido em parceria com a Editora

6 comentários:

  1. ntiga.
    Sou apaixonada por romances de época e realmente, a Cabot não deixa a desejar. Adorei essa nova versão, a capa é muito mais bonita.
    Adorei a resenha, totalmente sem spoiler e instigante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neyd, amiga!
      Quanto tempo. Adorei ver você por aqui...
      Eu também amo romance de época, conhecer esse lado da Cabot foi uma surpresa. Adorei e já quero mais.

      Beijão

      Excluir
  2. Adoro romances de época e adorei a premissa desse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais, eu também adoro romance de época.
      E essa capa está maravilhosaaaaaa..
      Beijão

      Excluir
  3. Que capa mais linda.
    Que tema mais diferente, pedir para alguém lhe ensinar a fazer amor para salvar seu próprio casamento. Achei diferente, mas gostei e fiquei com vontade de descobrir o final disso tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talita, vale a pena ler.
      É um livro muito gostosinho. Fiquei com aquele sentimento de quero mais, sabe?

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.