Header Ads

[Resenha] Janeiro Proibido | Aline Sant´Ana


Para Gabriela, Janeiro é sempre um mês complicado. Ao mesmo tempo que deveria ser um mês de diversão, pelas férias, mergulhos na piscina e tudo que se espera desse período, ela precisa enfrentar a presença do homem por quem está perdidamente apaixonada. Mas, o que ela não sabe ainda, é que esse sentimento é recíproco. Seria tudo muito simples, se esse não fosse um amor proibido.
Após sucumbirem ao desejo impossível de controlar, Gabriela e Raphael precisarão tomar a decisão que poderá mudar o curso de suas vidas. Será que seu amor é forte o suficiente para lidar com as críticas e o preconceito da sua família? Ou será que é mais fácil desistir? 

70 páginas || Aline Sant´Ana || Editora Charme || Ano 2015 || Gênero: Romance || Série: De Janeiro a janeiro #01 || Skoob


De janeiro a janeiro é uma série de doze contos, escrita em homenagem as leitoras.
Cada livro é dedicado a uma leitora em especial, que escolheu a cidade, o nome dos personagens e uma música que inspirou a autora a escrever cada história.

Janeiro proibido é um romance lindo, leve e memorável.

Raphael e Gabriela são primos e foram criados juntos. Raphael mora no Rio de Janeiro enquanto Gabriela mora em São Paulo para cursar faculdade.

Gabriela é filha única e apaixonada pelo primo, mas acha isso muito bizarro além de ter certeza que isso não pode ser saudável.

Rapha é sete anos mais velho que Gabi, mas nunca viu problema nisso, enquanto ela estudava engenharia ambiental ele já tinha uma empresa de artigos esportivos no Rio. Lindo e com um sorriso incrível, Raphael era um homem que tinha tudo para conquistar qualquer garota.

A família tinha uma tradição, juntar cada membro na casa de praia da tia Sueli (mãe do Rapha), e passar uma semana de férias. E então as férias de Janeiro chegaram!

“Não éramos tão formais. Normalmente ele vinha, me abraçava e beijava-me no canto da boca, mas depois do beijo - daquele maldito beijo embaixo da chuva - a situação inverteu um pouco. Eu já não sabia se seríamos os mesmos novamente.”

Após seis meses sem ver e conversar sobre o beijo com o Rapha, ao chegar à casa da praia e conversar com suas tias, Gabi descobre que Rapha comprou um apartamento e que provavelmente está namorando, o pior é que Tatiana a garota no qual a mãe dele disse que era apenas uma amiga aparece para passar as férias com eles.

“Amar alguém por anos, sendo que essa pessoa não poderia ficar com você, era como se colocasse uma arma na cabeça e brincasse de roleta russa; uma hora ia explodir e eu não conseguiria conter as repercussões. Uma hora, alguém iria interpretar os olhares, os toques por baixo da mesa, os sorrisos e os momentos que iam além da amizade entre primo e prima.”

Ao descobrir a intensidade da história de Rapha e Gabi você sabe muito bem que essas férias não vão dar certo, por que ambos estão a ponto de explodir a qualquer momento. Assim que Gabi descobre que a Tatiana vai passar as férias com a família e que Rapha está “namorando” ela parte para um plano B. Devo confessar que amei a Gabi, ela não é aquelas personagens que vivem chorando pelo canto, ou fraca. Gabi tem atitude, sabe o que quer e faz de tudo para conseguir, então partindo para o plano B, ela liga para seu lindo amigo gay dizendo que precisa que ele finja ser apaixonado por ela, para que Rapha veja o que está perdendo e de uma vez por todas decida o que quer de sua vida, lógico que Gabi tem a esperança que o futuro que ele deseja seja ao lado dela.

“Me beijava com a doçura e o carinho de um primeiro amor.”

O livro relata um assunto meio complicado, primos que se amam, mas acham que se ficarem juntos não estão fazendo a coisa certa, porém o amor é tão intenso que acaba sendo difícil ficar longe.

Na minha família tem um casal de primos casados, com um filho que é a coisa mais linda do mundo. Eu não vejo problema algum nisso, mas eles enfrentaram uma barra na época.

Raphael é um personagem apaixonante, responsável, ele está entre os meus personagens masculinos preferidos.

Gabi é estudante, linda, responsável, forte e decidida, ela realmente sabe o que quer e como disse luta por isso, gostei dessa garota desde o início.

A narrativa da autora é leve e viciante, os contos são curtos e faz com que você queira mais.

E por falar em querer, aproveitei e pensei em como seria se a autora contasse uma história minha:

  •  Mês: Maio
  •  Lugar: Paris
  •  Nome dos Personagens: Nico e Deb
  •  Ator e Atriz: Channing Tatum (lógico) e Candice Accola
  •  Música: John Mayer - Your Body Is A Wonderland

4 comentários:

  1. Eu não sou muito de ler contos, mas depois que você me disse que era bom, eu me arrisquei. E bem, adorei!!!
    A gente acaba ficando com gostinho de quero mais, não é mesmo?
    Ansiosa pelos próximos contos!!!

    Adorei a resenha, linda como sempre!
    P.s: Senti falta da foto rss
    Beijos!
    http://www.aculpaedosleitores.com/

    ResponderExcluir
  2. Como assim a autora escreve o que as leitoras pedem?
    Gente eu simplesmente amei, isso é incrível, eu também quero uma história para ontem kkkkkkk. Que máximo, já pensou se isso pega? Ai eu quero, eu quero.

    Estou achando que visitar o seu blog, vai ser um problema como visitar o blog da Taty e da Bia. Tudo que vejo aqui quero comprar e ler, e isso acaba comigo.

    Aiii já quero muito todos os 12 livros. Só tem em e-book?

    Beijosss
    Fer
    http://www.matoporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ideia fantastica! Amei a ideia da autora.
    Adorei o conto e a resenha!
    Vou ler em breve.
    bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.