Header Ads

[Resenha] O Caminho Certo - Ana Martines

Sinopse: Até onde a morte pode mudar a vida de uma pessoa? Paloma sempre teve tudo o que quis, até ver seu mundo desmoronar no dia em que sua mãe comete suicídio. Na longa busca pela superação conhece Ricardo, um rapaz intenso, pronto para virar sua vida de cabeça para baixo. Ela é mimada, ele não quer entregar seu coração novamente. No entanto, ambos carregam cicatrizes do que já viveram. Um romance trágico e improvável. Qual será o caminho certo?
Um grande amor é capaz de curar um coração partido?




                     360 páginas ||  Ano 2015 || Autora: Ana Martines || Skoob || Amazon 
                                       * E-book cedido em parceria com a autora.



O caminho certo é o livro de estreia da escritora Ana Martines.

O livro é narrado em primeira pessoa, onde temos o ponto de vista de Paloma e Ricardo. Porém os primeiros capítulos são narrados só por Paloma, confesso que já estava ficando nervosa por que a Paloma tem o dom de te irritar logo nas primeiras linhas. Até que Ricardo entra na trama e consegue salvar. Resumindo a narração dele é muito melhor. Ficaria extremamente feliz se o livro fosse narrado só pelo ponto de vista dele.

Digamos que o livro é um típico romance entre a patricinha e o bad boy, sei que temos vários livros desse gênero, mas como sempre digo, eu não resisto a um Bad Boy, esses são os meus preferidos.

Paloma é uma garota mimada, patricinha, acha que sua vida é perfeita, tem tudo o que quer, tem uma mãe fraca e um pai ausente, faz faculdade apenas por fazer, aliás esse pai “criou” um estereótipo para a sociedade, tem uma amiga na qual saem todos os finais de semana para a balada pra dançar e beijar todos. Resumindo Paloma é fútil da cabeça aos pés.

Mas é no seu aniversário de 18 anos que tudo muda, ao chegar em casa ela encontra sua mãe morta e também encontra um diário-foi escrito para a Paloma-, sem saber o que fazer ela liga para amiga e vão para a balada, saindo da balada ela vai até a praia e acaba adormecendo na areia. No Dia seguinte Miguel -um conhecido da faculdade- a encontra e tenta convencê-la a ir para casa, porém Paloma decidi ir para o mar se matar, é ai que Ricardo entra na estória e no mar para salvar nossa protagonista, mas a reação da Paloma não é das melhores,  ela começa a discutir com o rapaz porque ela realmente queria se matar e ele a atrapalhou.

Ricardo foi um dos poucos que me conquistaram desde o inicio, com um passado triste, com uma culpa que carrega, com o medo de se envolver e se importar com as pessoas ele é forte e valoriza sua vida e seu irmão Miguel.

Assim que a coisa piora em sua casa, Paloma começa a se entender com Ricardo, vai trabalhar e morar com os meninos. Miguel é como um irmão para ela, mas Ricardo como um bom bad boy sempre dá indiretas e tenta avançar o sinal, Paloma por ser virgem fica sempre com o pé atrás, até que ela não resiste e ambos se entregam a essa paixão, lógico que nem tudo são flores, Paloma ainda tem um pai no qual dará trabalho, Ricardo tem a dor do passado que vem a tona, e tem o diário que a mãe da Paloma deixou que é onde entendemos toda a estória do livro.

Não posso deixar de citar um personagem secundário que me deixou encantada, Fernando, ele é motorista da família, cuida da Paloma como se fosse sua filha, aliás é o único daquela casa que sente algo pela garota e com certeza é a peça fundamental para que Paloma continue firme.

O Livro fala sobre amor, superação, sofrimento, pesadelos noturnos, um casal destruído tentando encontrar a salvação no outro. O garoto simples e a garota mimada, uma combinação nada perfeita, mas os opostos se atraem e o final é encantador.

"Simplicidade é tudo, meu filho. Se puder escolher entre o detalhado e o simples, fique com o simples. Este abrirá mais portas.". O caminho certo é um livro simples, sem muitos acontecimentos, mas com certeza já abriu portas para a Ana Martines. Que venham outros, estou ansiosa para ler a estória do casal M&M.


Se você procura um romance, uma leitura rápida e leve então eu recomendo! 


Acompanhe o blog 'Em cada página' nas redes sociais:
♥ Facebook | ♥ Twitter | ♥ Instagram
♥ Skoob | ♥ Pinterest ♥ Flickr | ♥ Wattpad

3 comentários:

  1. A estória parece ser bem parecida com muitas outras, mas sou como você também não resisto a um Bad Boy! ahahah
    Adorei a resenha, não sou mãe mas entendo o ponto que citou e também não sei se entenderia, mas tendo um bad boy já me agrada....

    Beijos adoro o seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante da sua resenha, ela mostra tanto o ponto fraco quanto o forte, esse é mais um dos motivos pelo qual te sigo e confio nas tuas resenhas, sei que você fala com o coração e dá sua sincera opinião, por que o que eu mais vejo nesse mundo literário são pessoas puxando o saco de parceiros.

    Eu também sou apaixonada por um bad boy, só isso já é um ponto positivo então com certeza pretendo ler o livro.

    ResponderExcluir
  3. Já estou cansada de ler livros desse tipo (bad boy x menina mimada) então é um livro que não me agrada mais. Porém gostei da resenha e por ter citado os pontos fracos e os fortes.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.