Header Ads

[Resenha] A joia | Amy Ewing @EditoraLeYa


Joias significam riqueza, são sinônimo de encanto. A Joia é a própria realeza. Para garotas como Violet, no entanto, a Joia quer dizer uma vida de servidão. Violet nasceu e cresceu no Pântano, um dos cinco círculos da Cidade Solitária. Por ser fértil, Violet é especial, tendo sido separada de sua família ainda criança para ser treinada durante anos a fim de servir aos membros da realeza. Agora, aos dezesseis anos, ela finalmente partirá para a Joia, onde iniciará sua vida como substituta. Mas, aos poucos, Violet descobrirá a crueldade por trás de toda a beleza reluzente - e terá que lutar por sua própria sobrevivência. Quando uma improvável amizade oferece a Violet uma saída que ela jamais achou ser possível, ela irá se agarrar à esperança de uma vida melhor. Mas uma linda e intensa paixão pode colocar tudo em risco! Em seu livro de estreia, Amy Ewing cria uma rede de intrigas e reviravoltas na qual os ricos e poderosos estão mais envolvidos do que se possa imaginar, e onde o desejo por saber o destino de Violet manterá o leitor envolvido até a última página.

 352 páginas || Editora LeYa || Ano 2015 || Autora: Amy Ewing || 
  Gênero: Fantasia/InfantoJuvenil/Estrangeiro || Skoob
 * Livro cedido em parceria com a editora.


Terminei o livro e o desespero bateu, preciso da continuação urgente!

A estória é contada na visão de Violet, narrado em primeira pessoa. Normalmente não sou muito fã, mas o jeito que Amy Ewing escreveu ficou perfeito.

Na ficção a sociedade é dividida em cinco círculos onde temos: A joia, banco, fazenda, fumaça e pântano. Na joia moram os mais ricos e importantes, assim como condes, duques e o executor (líder de tudo). No banco ficam todos os comerciantes e mais alguns membros da realeza (lordes e ladys). Na fazenda ficam todos os agricultores, na fumaça encontra-se as indústrias e no pântano moram os empregados de todos os outros círculos, resumindo o pântano é a parte mais pobre da sociedade. 


Nossa protagonista Violet vem do pântano, e ela é afastada de sua família desde que tinha doze anos, assim que foi diagnosticada fértil.

Sim, isso mesmo.

Todas as meninas depois de da primeira menstruação fazem um exame de fertilidade, quando o mesmo dá positivo elas são levadas de suas famílias, elas tem o poder dos presságios e eles são uteis na sobrevivência de cada feto.

Assim que saem de casa, elas vão para um orfanato onde passam por experimentos e com 16 anos elas são divididas em grupos no qual cada um é classificado por melhores notas, logo após são leiloadas e vendidas para quem der o maior lance. Elas não sabem o que acontece ou como será após terminar o treinamento, o único conhecimento que cada uma tem é que ira gerar um filho de uma pessoa desconhecida e nunca mais verá sua família.


Mesmo Violet tendo seus privilégios e sendo tratada melhor do que as outras já que sua pontuação foi algo que não acontecia nos últimos 50 anos, ela não concorda com tamanha humilhação e mesmo sabendo que não pode fazer muito ela tenta de alguma forma escapar.

Uma pessoa enfim resolve ajuda-la, porém nesse mesmo tempo Violet conhece Ash um acompanhante (um amor proibido) e tudo começa a ficar mais intenso e você não consegue mais parar de ler, você quer saber se Violet vai fugir ou se vai lutar pelo seu amor, porém se ambos forem descobertos serão executados, enfim é enlouquecedor. 


O livro e seus personagens contagiam da primeira a ultima página. Eu terminei o livro com o coração na mão e louca pra ver o que vai acontecer.

Além de ser um romance, tem um pouco de drama e várias cenas intensas. Eu recomendo a leitura e realmente espero que gostem tanto quanto eu gostei.



Acompanhe o blog 'Em cada página' nas redes sociais:
♥ Facebook | ♥ Twitter | ♥ Instagram
♥ Skoob | ♥ Pinterest
♥ Flickr | ♥ Wattpad

5 comentários:

  1. Bom, já tinha ficado apaixonada com o lançamento, e agora com a resenha estou louquinha pra comprar!!!!
    É o tipo de história que te prende do começo ao fim,
    amei amei
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Esse livro lembra um pouco os da autora Kiera Cass (A seleção) no qual eu sou completamente apaixonada.
    Gostei da proposta da autora então já entrou para a minha lista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que livro mais fofo, qnd olhei no blog achei que fosse a capa do livro A herdeira, mais abri, li e adoreiii o que vi.
    Já quero para ontem.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Vi esse livro na livraria e também achei que fosse A Herdeira como vi que não era nem parei para ler a sinopse, achei que era bem imitação da seleção, mais agora lendo sua resenha fiquei com vontade de voltar lá e comprar.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.