Header Ads

[Resenha] Destrua-me - J.L.Mac @editoracharme #5

Título: Destrua-me - Livro 1 da Série Wrecked
Autor: J.L. Mac
Editora: Charme
Número de Páginas:  262
Ano de Publicação: 
2015
Classificação:  ★★★★  (5/5)

Sinopse:
Destrua-me - Aos vinte e cinco anos, Josephine Geroux é uma "zé ninguém", segundo sua própria definição e, apesar de não querer ser assim, ela se contenta com isso. Crescer orfã a transformou numa pessoa dura e indiferente aos outros, até que ela conhece um homem estranhamente familiar, com um rosto que a assombra por razões que ela não consegue entender.
Mesmo fazendo questão de evitar interações com os outros, a vida de Josephine se entrelaça com a de Damon Cole, o enigmático estranho, e antes que se dê conta, ela se entrega à única pessoa que está perto o suficiente de destruí-la.

Envolvente, sensual e extremamente emocional, Destrua-me irá te seduzir, apaixonar e conduzir à uma montanha russa de sentimentos, com a dolorosa vida de Josephine.



Esse livro me deixou totalmente destruída e sem chão. Meu coração dói, minha alma dói.

Destrua-me é um livro que consegue testar todas suas emoções do inicio ao fim. Os personagens são fortes, intensos e com um passado destruidor.

Sabe aquele livro que te prende, te conquista, faz com que você prenda sua respiração e só volte a respirar quando acaba? Destrua-me é desses, aliás ele me sugou inteira, algo que poucos livros conseguiram.




O livro é narrado em primeira pessoa por Josephine Geroux (Jo), e desde as primeiras páginas já conhecemos sua triste história. Em um terrível acidente de carro Jo perdeu seus pais, a partir desse momento e com apenas nove anos ela se viu sozinha. Passou por vários lares adotivos, orfanatos, até que resolveu que estava na hora de viver por conta própria. Jo encontrou nos livros a sua salvação, vivia em bibliotecas e tinha um apreço profundo pelas palavras escritas.

Assim que Jo chegou a certa idade, ela sabia que precisava procurar um emprego, e a única coisa que sabia fazer e conhecia era relacionado a livros, então foi em uma pequena livraria e conseguiu o seu primeiro emprego, lá trabalhava apenas o dono o Sr. Sutton, no qual também era sozinho e ambos mesmo que rabugentos, sem assumir, eram a única família um do outro.



Quando Jo conhece Damon Cole a atração, o desejo e o conhecimento são imediato, ambos tem a certeza que se conhecem, mais nenhum jamais se lembra de ter visto o outro. Mesmo com essa impressão eles entram em um relacionamento intenso, possessivo e ao mesmo tempo, lindo e sublime.

"Eu só quero que você me queira e precise de mim, tanto quanto eu quero e preciso de você."

Damon assim como Jo, tem uma personalidade muito forte, ele é misterioso, bem-sucedido, dominador e fofo ao mesmo tempo (sim, isso é possível, pelo menos com Damon é). Os dois tem um passado horrível, mais quando estão juntos eles se sentem seguros, amados e inteiramente completos. Damon faz de tudo para conseguir manter Jo feliz, segura e principalmente ao seu lado, e quando eu falo de tudo, é tudo mesmo, nessas ações que o Damon toma, talvez faça com que muitos leitores o amem e muitos outros odeiem e o julguem, eu simplesmente o amo! 

Damon consegue ser firme, forte e ao mesmo tempo ele é romântico, carinhoso, apaixonante, nos faz suspirar em muitos momentos do livro, um sonho de consumo de qualquer mulher, eu fiquei completamente apaixonada.

"Tudo o que eu posso ver é ele. Tudo o que eu posso sentir é o cheiro dele. Tudo o que eu posso ouvir é ele. Tudo o que eu posso provar é ele. Tudo se resume a ele."

Acho que até o momento Jo é uma das personagens mais forte que já encontrei nos livros e talvez na vida, ela passou por tudo de ruim e triste que alguém possa imaginar, e mesmo assim, ela está firme, forte, lutando para sobreviver, e pela primeira vez após muitos anos ela se permite a amar e ser amada.

"Você está tão perto e ainda assim já sinto saudades."

Mais será que o amor cura todas as cicatrizes marcadas no passado?  Eu sinceramente espero que sim.  

"Mesmo que leve o resto da minha vida, eu te juro, vou fazer você esquecer tudo de ruim que já te aconteceu. Nós vamos construir recordações felizes que superem as tristes em dez vezes. Eu vivo para te fazer sorrir, Josephine."

Não posso deixar de citar um personagem secundário no qual tem um papel fundamental na história, que é a vó de Damon, ela é alegre, divertida, tem uma boca suja igual da Jo, a conexão e a química que as duas têm no primeiro encontro é encantador.

Destrua-me é um livro que trata vários assuntos assim como amor, paixão, dor, sofrimento, medo, angustia, cicatrizes, perdão, família, solidão e muitos outros mais o principal, ele é destruidor.



J.L.Mac consegue trazer muitas emoções em cenas comoventes, tão reais, lindas e tão triste, com certeza já entrou para a minha lista de autoras preferidas, estou muito ansiosa para a continuação.

Eu demorei muito para montar essa resenha, estava sem chão, e quando realmente estava digitando, em alguns momentos procurei algumas palavras ou até mesmo detalhes no livro, e quando me via já estava lendo e totalmente emocionada de novo. 

Sim, o livro é tão intenso que consegue te emocionar a cada frase, a cada instante e a cada palavra. Talvez eu não consiga expressar tudo que senti ao ler esse livro, juro que tentei por quatro vezes finalizar essa resenha, e tinha que parar por que estava em lágrimas e com dor no coração, então espero conseguir transferir metade do que senti lendo.

O livro me arrancou muitas lágrimas, mais me fez ganhar uma amiga. Eu e a Taty do blog A culpa é dos leitores nos emocionamos e sentimos praticamente a mesma coisa ao ler Destrua-me.

A Editora Charme está de parabéns, as folhas amarelas, espaçamento, diagramação, páginas, fonte, numeração tudo impecável, e essa capa? Gente ela é aveludada... Perfeita!


Vale ressaltar que é uma leitura para maiores de 18 anos.


Recomendo a leitura! 

"Destrua-me mais não me abandone jamais!"

Finalizo a Semana de divulgação com esta resenha!

   FACEBOOK ❤  INSTAGRAM  TWITTER  SKOOB ❤  FLICKR ❤  PINTEREST  ❤  WATTPAD 

4 comentários:

  1. Nossa,estou louca pra ler esse livro.Gosto de livros assim,que mexem com as pessoas,que transmitem dor,alegria,tristeza,ou seja, um livro intenso. Tbm li a resenha do blog A culpa é dos leitores,e lá tbm foi expressado esse "poder" que o livro tem.Enfim,parabéns pela resenha e com certeza está entre os próximos para minha leitura

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha Dé fiquei bem curiosa para ler esse também...hahaaha
    Beijossss!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Deb!
    Uma das melhores coisas de poder ter lido esse livro foi te conhecer, poder trocar opinião e sentimentos Sobre esse livro que nos destruiu, e eu só posso te agradecer pelo apoio, e desejar que nossa amizade só cresça cada vez mais.

    Bem, agora vamos falar da sua resenha, que está incrível!!!! UAU! Eu adorei, amei, me emocionei... deu vontade de ir ali pegar o livro para ler novamente. Rs
    Acho que Destrua-me foi o livro que mais me deu trabalho para resenhar, nunca sofri tanto kkkk e ainda bem que eu não fui a única :P

    Parabéns pela resenha, está linda <3 e agora só nos resta esperar pelo livro 2rsrs

    Beijos,
    te cuida e sucesso sempre!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Deb!
    Uma das melhores coisas de poder ter lido esse livro foi te conhecer, poder trocar opinião e sentimentos Sobre esse livro que nos destruiu, e eu só posso te agradecer pelo apoio, e desejar que nossa amizade só cresça cada vez mais.

    Bem, agora vamos falar da sua resenha, que está incrível!!!! UAU! Eu adorei, amei, me emocionei... deu vontade de ir ali pegar o livro para ler novamente. Rs
    Acho que Destrua-me foi o livro que mais me deu trabalho para resenhar, nunca sofri tanto kkkk e ainda bem que eu não fui a única :P

    Parabéns pela resenha, está linda <3 e agora só nos resta esperar pelo livro 2rsrs

    Beijos,
    te cuida e sucesso sempre!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.