Header Ads

[Resenha] Quando você voltar - F.P Rozante

250 páginas || F.P Rozante || Ano 2013 || * E-book cedido em parceria com a autora

“Quando você voltar” é um livro que ensina muito, sei que estou no inicio da resenha mais preciso explicar que quando você chega ao final do livro você não será mais a mesma pessoa, por que esse livro fala sobre superação, perdas, paixão, decisões, amizade e principalmente o amor. É simplesmente Lindo!

O Livro gira em torno do casal Carol e Nick que são amigos desde a infância.

Carol e seu pai foram abandonados pela mãe, logo após, seu pai faleceu e Carol se viu sozinha, foi nesse momento que ela teve seu melhor amigo Nick como um porto seguro, e Nick, vendo a situação da sua amiga no qual ele era encantado, sentiu a necessidade de protegê-la para sempre. 

"Minha pequena doce menina"

Após alguns anos, a fase adulta chegou e ambos seguiram seu caminho, mas sem perder o contato e a linda amizade que sempre tiveram.

Carol é formada em arquitetura, tem uma experiência bastante considerável, tem alguns projetos em seu nome, mora num apartamento sozinha, onde também é seu escritório.



Nick se alistou no exercito, foi para a guerra e o modo como ambos encontraram para matar a saudade foi através de cartas (assim como no filme Querido John, por isso comecei a ver o Nick como o Channing Tatum, todo gostoso). O contato que temos com as cartas trocadas, é lindo, o Nick é muito carinhoso, além de usar apelidos fofos, ele sabe usar as palavras. Porém as cartas param de chegar, Carol não tem mais nenhuma noticia de Nick e o desespero e a saudade começam a bater, sem saber o que fazer a única coisa que ela pensa no momento é em desabafar com sua amiga Adriana. 

Carol conheceu Adriana na faculdade e viraram amigas no mesmo instante, ela é muito divertida, dei altas risadas, Dri apelidou Nick como “Soldado Amor”, e após um rompimento doloroso (traição), ela vivia “no pega, mas não se apega.”

"Aquele pedaço de papel em minhas mãos havia preenchido o meu coração e o aquecido com esperança e força renovada."

Enfim, Carol recebe uma nova carta de Nick e o seu mundo muda, seu coração começa a bater de uma forma diferente, a carta é tão fofa, tão cheia de amor, de paixão que suspiramos várias vezes, no final da carta Nick deixa bem claro que está voltando e que ligará para Carol ir busca-lo, nesse momento eu fiquei muito ansiosa, imaginando como seria o reencontro dos melhores amigos.

"Pelo seu desespero, eu espero que a sua casa esteja pegando fogo ou a terceira guerra mundial tenha acabado de ser anunciada, porque, do contrario, juro que vou te matar. [...] Dri é sempre muito sutil!"

O reencontro na rodoviária é emocionante, conseguimos sentir cada emoção, e a partir desse momento tudo fica mais intenso. 

Nick não retorna sozinho, Heitor seu amigo de batalha volta com ele, e já vou avisar, pensa em um homem intenso, gostoso e controlador, prazer esse é o Heitor.

Assim que Dri e Heitor se conhecem a explosão é imediata, e a partir desse momento a autora intercala os capítulos e as histórias entre Nick/Carol e Dri/Heitor, gostei bastante por que assim conseguimos saber e conhecer o ponto de vista dos dois casais. 

Ao decorrer da história conhecemos um Heitor apaixonado que jamais imaginávamos, ele fará de tudo para provar seu amor e ficar para sempre com a Dri, mas como Adriana tem toda sua carga emocional e receio de novos relacionamentos, isso não será tão fácil. 

Mas como todo romance, toda vida real, sempre temos problemas, nossas duvidas e escolhas nem sempre são as melhores e nesse livro encontramos muito mais realidade do que fantasia. Nick tem um prazo, uma missão, uma escolha, e ai bate a ansiedade em descobrir o que ele vai fazer o que ele vai escolher e qual será o destino do casal. 

"Quando eu estou com você, não existem pesadelos. Sinto como se você fosse tudo o que preciso, e se você está longe... eu sofro."

A leitura é tão boa e gostosa que nem percebemos o tempo passar, e quando ele acaba, queremos mais, a escrita da autora é ótima, possui todos os ingredientes de um ótimo livro.

Livro recomendado apenas para maiores de 18 anos, se você gosta desse gênero, mergulhe nessa leitura.

CAPA E SINOPSE:

Separados pela guerra. O medo da perda, a ausência e a saudade se tornam suas companheiras.
Cartas amenizam a dor, enquanto garantem que tudo está bem. E quando elas deixarem de chegar?
Caroline está sozinha no mundo, após a perda de seu pai e o abandono de sua mãe, a única família que restou foi seu amado amigo Nick, que escolheu o exército como profissão. Sua salvação é sua amiga Adriana, que com muito humor e carinho, sempre se preocupa em não deixa-lá cair. Nick jurou proteger e cuidar de Caroline quando ela perdeu tudo, ainda no ensino médio. Sua amizade e cartas são o que o mantém vivo em meio ao desespero da guerra. Mas quando sua vida é colocada em cheque em meio a uma emboscada, da qual ele saiu vivo apenas porque o Comandante Heitor colocou sua vida em risco, ele descobre que a amizade na verdade é amor e assim quando se recupera e tira uma licença, ele volta para obter sua pequena, pelo menos enquanto ele puder.
Poderá Nick e Caroline superarem seus demônios, seus medos e se entregarem ao verdadeiro amor? Adriana é melhor amiga de Carol, após uma desilusão ao pegar seu ex a traindo, ela jurou nunca mais se entregar a um homem novamente. Mas o que ela não contava era com o inesperado. Heitor não quer mais saber de guerra, não quer mais saber de mortes, dor, sua única vontade é recomeçar. Então quando seu amigo Nick o convida para voltar com ele, ele junta todas as suas forças e pede sua baixa. Agora tudo que ele quer é paz e muita diversão. O que Heitor não imaginava era ver seu mundo completamente abalado, por uma Japa desaforada.
Poderá Heitor quebrar as barreiras de Adriana?
Poderá Adriana aceitar Heitor com toda sua bagagem?

6 comentários:

  1. Emocionada. E feliz. Obrigada pela resenha linda. Estou até sem fala. Amei, Amei, Amei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biia obrigada você por todo carinho que tem comigo! Adorei o seu livro e já sou sua fã. ;)
      Beijos

      Excluir
  2. Parabéns pela resenha. Realmente atiçou a minha curiosidade pela leitura do mesmo, que já não era pouca. Parabéns a autora, querida e fofa, Bia Rozante *----*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valmar, a autora é a pessoa mais fofa do mundo. E o livro é fantástico. Vale muito a pena ler.
      Depois me conte!

      Excluir
  3. Linda resenha Dê!! Paranéns pelo blog!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.