Header Ads

[Resenha] Extraordinário - R.J. Palacio


August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. 
Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.


320 páginas || Editora Intrinseca || Autor: R.J. Palacio 




O primeiro livro que me tocou logo na primeira página. Difícil encontrar apenas uma frase no livro que tenha me tocado, ou simplesmente defini-lo em apenas uma palavra, alias, Extraordinário realmente seria essa a única palavra. 
Eu chorei descontroladamente e ele me marcou profundamente. Vale a pena a leitura.

August é um garoto de 10 anos, que nunca foi à escola, aprendia em casa com sua mãe. Ele acabou superando expectativas e sendo mais inteligente que muitas outras crianças que sempre foram à escola. Mais como ninguém é perfeito Auggie tem uma serie de imperfeiçoes em seu rosto, o que faz com que ele sofra muitos preconceitos.

Eu me emocionei com Auggie e com as situações que desde tão pequeno, teve que enfrentar. Sério, pra qualquer pessoa é difícil, imagine para um garoto de 10 anos.

Como já era de se esperar, seus pais são protetores, o que acaba que a irmã de Auggie, Via, sinta-se excluída, ela acha que seus pais não dão atenção que ela devia receber, mas compreende que seu irmão precisa de muito mais.


Auggie entra para a escola, onde ele não conhece ninguém e nem sabe como funciona. Ele enfrenta desafios, se surpreende com as pessoas e faz amigos e encontra a verdadeira gentileza em cada um.

Admiro muito a mãe de Auggie, virei fã, por tudo que ela passa, nunca desistiu, é coruja, é forte nos momentos quando precisa e sentimental ao extremo em outros.


“Extraordinário” é uma bonita história de aceitação, que te prende, te ensina, uma verdadeira lição para toda a vida. Vale muito a pena ler. 


Quotes


- “Não julgue um garoto pela cara”

“-Mãe? Sempre vou ter de me preocupar com idiotas desse tipo? –perguntei. –Tipo, mesmo quando eu crescer, vai ser sempre assim?
Ela não respondeu de imediato. Em vez disso, pegou meu prato e meu copo, pôs na pia e enxaguou – Sempre haverá idiotas no mundo, Auggie –falou, olhando para mim. – Mas seu pai e eu acreditamos, de verdade, que há mais pessoas boas que más na Terra e que as pessoas boas olham uma pelas outras, cuidam umas das outras. (...) ”


“- Obrigado por me fazer ir a escola – falei baixinho. Ella me abraçou mais apertado, se inclinou e deu um beijo no alto da minha cabeça. – Eu é que agradeço, Auggie – respondeu ela. –Pelo quê? –Por tudo o que nos deu. Por entrar em nossas vidas. Por ser você. Indinou-se de novo e sussurrou em meu ouvido: -Você é mesmo extraordinário, Auggie. Você é extraordinário ”




ACOMPANHE O BLOG EM CADA PÁGINA PELAS REDES SOCIAIS:
  FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | SKOOB

3 comentários:

  1. Chorei tanto lendo esse livro. Ele é tão lindo.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é muiiiiiiiitoooo fofoooooooo

    ResponderExcluir
  3. Chorei horrores lendo esse livro.
    Já comprei o 365 dias extraordinarios.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.